Uma visita e tanto

Jotacê, colunista e contador de causos

Dando um devolteio pelo meu Piratini, adentrei a Prefeitura e procurei o prefeito. Guri bueníssimo, companheiro de festivais e outras lambanças sadias. Conversamos um bom tempo, relembramos acontecimentos, largas risadas das perdidas, afinal, não se ganha todas.

Foi muito bom. Ai partimos pra administração municipal, como andavam as coisas. Sei que ele pegou um verdadeiro “zurrilho” pelo rabo e sabemos que zurrilho fede até contra o vento, mas não se achicou e foi a luta.

Com a tia “prefa” à beira do abismo, mas pelo menos fora do tinhoso “cadin” que tudo tranca. O ex-prefeito pouco fez devido ao caos herdado do antecessor, mas conseguiu limpar o nome da prefeitura, pagando contas.

Meu amigo Márcio Porto enfrentou o “malandra” e foi a luta. É novo na peleia política, mas tem coragem e denodo. Projetos novos e bons estão fluindo, estradas que vinham em péssimo estado por falta de maquinários, aos poucos vão tomando jeito. As chuvas atrapalham, mas é coisa da mãe natureza. Não dá pra reclamar. Sai satisfeito com o desenrolar da conversa e acreditando que vai dar certo.

Estádio Nei Fabião Valente

O E.C. Guarani de Piratini está com seu estádio todo renovado. Tela, banheiros, vestiários, tudo. Lá de cima, o grande mestre “Paulino Tailor Mota Lopes” de estar sorrindo ao ver o seu “Guarany” com tudo renovado. Um abraço a diretoria do mesmo. Gurisada nova e competente.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome