20 de setembro

Jotacê, colunista e contador de causos

Revolução Farroupilha – ou Guerra dos Farrapos – esse nome representa mais a realidade, pois foi tramada e induzida por fazendeiros, donos dos campos e das charqueadas. A causa foi o imposto cobrado sobre o “charque” negociado aos centros maiores, mas na verdade ele era contrabandeado ao Uruguai e Argentina, onde entrava livre pela vasta fronteira.

Usaram a peonada como tropa, mal vestidos, daí o nome “Farrapos”, juntaram a então chamada “negrada” escrava, formando um piquete chamado “Lanceiros Negros”, prometendo liberdade e uma gleba de terra em caso de vitória.

Resultado: os imperalistas venceram e ali, num lugar chamado “Porongos”, em um município que hoje é Pinheiro Machado foram desarmados e, graças a um infame chamado “David Canabarro”, trucidados, livrando os fazendeiros da promessa feita.

Festejamos a revolução feita em cima de muita carnificina e traições. Cidade gaúcha devia varrer de sua história e ruas o nome do indivíduo traidor: David Canabarro.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome