Municipários de Pelotas na expectativa de reunião com prefeita

Municipários que queriam a continuação da greve até quinta-feira (10) (Fotos: Vitória Leitzke/JTR)

Na tarde da última terça-feira (8), os servidores municipais voltaram às atividades após cinco dias de greve. A decisão foi tomada em assembleia realizada depois da sessão ordinária, na frente da Câmara de Vereadores de Pelotas na manhã do mesmo dia.

Ainda durante a sessão, foi decidido a portas fechadas o trancamento de pauta do Executivo na Casa, em reunião presidida pelo vereador Éder Blank (PDT). O atual presidente da Câmara, Fabrício Tavares (PSB) e parte da base do governo não estavam presentes na sessão. Além disso, o líder do governo Enéias Clarindo (PSDB) informou a sinalização positiva da prefeita de receber uma comissão de vereadores e o Sindicato dos Municipários de Pelotas (Simp) na quarta-feira (9).

Apesar de grande parte dos municipários votarem pela continuação da greve até quinta, decretada na quarta (2), a maioria optou por voltar às atividades para evitar o cancelamento da reunião com a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB). Na quinta-feira (10), haverá uma nova assembleia geral, marcada para as 14h30 na Associação Pelotense de Esportes para avaliar o movimento após o posicionamento do Executivo.

Maioria optou pelo retorno às atividades até quinta-feira (10)

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome