Rio Grande: Município sofre com o furto de materiais elétricos da rede de iluminação

Segundo dados da SMZC, a média referente aos furtos desde o início do ano de 2021 chega a cerca de 600 metros de cabos por semana. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Rio Grande)

Responsável por toda a parte de iluminação pública em ruas, avenidas e logradouros, a Prefeitura de Rio Grande tem sido lesada pelo crescente número de furtos de componentes de redes elétricas na cidade. Conforme a Secretaria de Zeladoria da Cidade (SMZC), o alvo dos criminosos é sempre o mesmo: os condutores de cobre e o consequente valor deste material no mercado ilegal.

A Polícia Civil de Rio Grande, através da 7ª Delegacia Regional de Polícia, tem realizado constantes operações na busca pelos receptadores dos produtos furtados, visando combater a raiz do problema. Segundo o comissário de Polícia Vinicius Lucas Moraes, os furtos ocorrem de forma descentralizada, em todas as áreas do município, visando, principalmente, as redes da CEEE Equatorial, as empresas fornecedoras de TV a Cabo e a Prefeitura de Rio Grande.

Mesmo com todo empenho das forças de segurança, que incluem a Guarda Municipal e a Brigada Militar nas ações preventivas, muitas ações criminosas colocam em risco os pedestres e comunidade em geral, deixando avenidas e praças na escuridão – o que atinge a segurança de transeuntes – além de resultar em grandes prejuízos aos cofres públicos. Segundo dados da SMZC, a média referente aos furtos desde o início do ano de 2021 chega a cerca de 600 metros de cabos por semana. Neste contexto, considerando a bitola da fiação e outros componentes que também são furtados, o prejuízo semanal ao erário pode chegar a, aproximadamente, R$ 2 mil reais.

No início deste mês, em uma das mais recentes ações criminosas, uma grande quantidade de cabos, além de lampiões de iluminação temática do cais do Mercado Público e da praça Xavier Ferreira, foram furtados. Na tentativa de reduzir estas ações e reduzir o gasto, a Prefeitura começou a utilizar este ano, dentro de suas possibilidades e limitações, cabos de alumínio para o sistema de iluminação pública. Os canos não possuem o mesmo valor no mercado ilegal e não despertam o mesmo interesse aos criminosos.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome