Frente Parlamentar da ovinocultura promove debate na 42ª Expointer

Deputado estadual Luiz Henrique Viana (PSDB) (Foto: Celso Bender/Agência ALRS)

Coordenada pelo deputado estadual Luiz Henrique Viana (PSDB), a Frente Parlamentar pelo Fortalecimento da ovinocultura promove nesta quarta-feira (28) um debate na 42ª Expointer.

O objetivo é provocar a retomada do crescimento da ovinocultura por meio de um amplo debate com a sociedade para que novas soluções sejam encontradas. “Vamos trabalhar para encontrar as soluções necessárias para esses problemas e para retomar o crescimento do setor“, afirma Viana.

O evento, que será realizado das 9h30 às 11h30, na Pista B do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, contará com a participação do secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, e do comandante do 34º Batalhão de Polícia Militar de Esteio, major André Luiz Stein.

A criação de ovinos já teve destaque na economia do Rio Grande do Sul. O rebanho gaúcho chegou a ter 13 milhões de cabeças. Hoje, tem cerca de três milhões. A redução tem origem na década de 1980, época de crise do setor da lã em razão da competição com o sintético. O setor também foi afetado pelos avanços da agricultura e pela falta de mão de obra.

Hoje, os produtores têm de lidar ainda com problemas como abigeato e predadores. Eles relatam que o furto de ovinos e o ataque de cães e javalis impactam diretamente na produção de carne e lã, já que muitos investem em ovinos para abate e também em genética, além de afetar a cultura ovelheira. “Precisamos de uma lei que responsabilize principalmente os donos dos cães que atacam que os ovinos”, defende a presidente da Associação Brasileira de Criadores de Corriedale (ABCC), Cristina Soares Ribeiro.

Uma nova discussão durante a Expointer, maior feira agropecuária da América Latina, havia sido deliberada no lançamento da Frente Parlamentar, em maio, durante a 32ª Fenovinos, em Pelotas.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome