Motoristas devem ter atenção redobrada em rodovias estaduais da região sul, orienta Comando Rodoviário

Veja as rodovias que devem ter maior atenção dos condutores. (Foto: Divulgação)

Os avisos por conta dos altos volumes de chuva que atingem a Costa Doce e também os alertas constantes da Defesa Civil servem também como recomendação para que motoristas que utilizam as rodovias estaduais tenham cautela nos deslocamentos por conta dos danos causados pelas chuvas.

Os prognósticos dos principais sites de meteorologia são de que as chuvas seguirão causando transtornos nas próximas semanas. A MetSul alerta para uma piora da enchente em Pelotas e Rio Grande nos próximos dias. E ainda afirma que água atingirá locais em que jamais chegou. É provável que as inundações que afetem trechos de rodovias da região com bloqueios ou totais ou parciais.

Dentre as rodovias que devem ter maior atenção dos condutores estão as ERSs-702 e 265, em Piratini; a ERS-706, em Cerrito, via Pedro Osório e Arroio Grande; e a ERS-608, que faz a ligação de Pinheiro Machado via Pedras Altas e Herval.

Ao JTR, o tenente Barcelos, comandante do Pelotão Rodoviário de Bagé, relatou a situação na região. “As rodovias estaduais da Região Sul foram afetadas, mas não acarretando em obstrução parcial ou total de via. Mas, em razão das fortes chuvas e a elevação dos rios, os usuários das rodovias têm que redobrar a atenção em razão de que nas rodovias asfaltadas houve a abertura de buracos e nas não pavimentação houve alguns desmoronamentos de bordas e ‘valos’ surgiram no leito da via, que podem ocasionar danos ao veículo e sinistros de trânsito”, apontou o oficial.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome