Diego Souza perde pênalti, e Corinthians segura empate em 0 a 0 com Grêmio

Foto: Eduardo Moura/ge

Depois de tanto ajudar o Grêmio na temporada, Diego Souza foi o vilão na noite deste sábado (15), na Arena, pela terceira rodada do Brasileirão. O Tricolor empatou em 0 a 0 com o Corinthians. Mas poderia ter vencido se o centroavante não tivesse errado pênalti concedido com auxílio do VAR já no segundo tempo. O Timão pouco assustou e sai satisfeito com o resultado.

Olho na tabela
O Grêmio encerra a noite na quarta posição, com cinco pontos, mas pode perder posições até o fim da rodada. O Corinthians é o 15º, com um ponto e um jogo a menos.

Próximos jogos
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (19). O Grêmio joga mais cedo, às 19h15, contra o Flamengo, no Maracanã. O Corinthians recebe o Coritiba na Arena Corinthians às 21h30.

Primeiro tempo
O primeiro tempo foi de domínio gremista, mas sem muita efetividade. Pressionou no campo do Corinthians nos minutos iniciais e criou boas chances em cabeçada de Pepê, defendida por Cássio, e uma finalização de carrinho de Geromel que quase parou no fundo da rede. O Timão ficou na bronca com um pedido de pênalti de Kannemann em dividida com Jô. O árbitro mandou o jogo seguir. Sandro Meira Ricci, na Central do Apito, também não viu a infração. Depois, faltou arremate aos donos da casa.

Segundo tempo
O Corinthians assustou pela primeira vez em cabeceio de Jô após cobrança de escanteio aos sete. Depois, o Grêmio voltou a pressionar. Em bate-rebate, Pepê e Alisson pararam na defesa adversária. Em três oportunidades, Jean Pyerre poderia marcar, mas parou na falta de força ou no travessão. Aos 27, Diego Souza foi derrubado na área por Michel. O árbitro Bruno Arleu de Araújo consultou o VAR e marcou a penalidade. Por reclamação, o técnico Tiago Nunes foi expulso. Diego Souza bateu para fora. E ali pareceu que as forças da partida chegaram ao fim. O duelo ficou no empate sem gols.

O lance do jogo
Aos 27 minutos do segundo tempo, Diego Souza disparou até a área do Corinthians e foi derrubado por Michel. O árbitro Bruno Arleu de Araújo foi ao VAR e verificou toque do lateral do Timão no centroavante do Grêmio. O próprio Diego foi para bola e desviou muito de Cássio. Para fora.

Na bronca
O Corinthians saiu de campo satisfeito com o resultado, mas descontente com a arbitragem. Reclamou de pênalti de Kannemann em Jô no primeiro tempo. Não levou. Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci também não viu a infração. Já no segundo tempo, após a marcação da penalidade para o Grêmio, o técnico Tiago Nunes foi expulso por reclamação.

Ele tentou de tudo
Mesmo que Diego Souza tenha errado o pênalti, o zero no placar também passou pelos pés de Jean Pyerre. O meia gremista perdeu três boas chances, todas no segundo tempo. Em uma delas, praticamente recuou para Cássio cara a cara com o goleiro. Depois, acertou chute colocado no travessão.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome