Frente Parlamentar pede a Alckmin a inclusão do setor naval na política industrial brasileira

Na reunião foi apresentado o relatório dos trabalhos desenvolvidos pelo grupo em 2023 e solicitada a inclusão do setor naval na nova política industrial brasileira. (Foto: Divulgação)

Representantes da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Indústria Naval Brasileira reuniram-se, nesta quinta-feira (29), com o presidente da República em exercício e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, para apresentar o relatório dos trabalhos desenvolvidos pelo grupo em 2023 e solicitar a inclusão do setor naval na nova política industrial brasileira.

Conforme o presidente da Frente Parlamentar, deputado Alexandre Lindenmeyer (PT-RS), o encontro deixou perspectivas bastante positivas. “Saímos otimistas porque o governo já está construindo uma proposta para que o setor naval seja agregado à nova política industrial do país, sobretudo por suas potencialidades no que se refere à questão do desenvolvimento econômico, geração de emprego, renda, oportunidades, no impulsionamento de tecnologias nacionais e para soberania nacional”, disse o parlamentar. “Espero que em três ou quatro meses possamos ter um programa robusto já encaminhado”, completou.

Liderados pela Frente Parlamentar, sindicatos de trabalhadores e entidades empresariais manifestaram-se em defesa de que navios, plataformas e sondas sejam construídos em estaleiros brasileiros. O vice-presidente do Sinaval, Fábio Vasconcellos, destacou a importância do encontro. “Poucas vezes vimos uma reunião de consenso como esta, que reúne empresas, trabalhadores, classe política e governo em prol de uma indústria tão estratégica para o nosso país”.

Edson Carlos Rocha da Silva, representante da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM/CUT), reforçou a unidade em torno da pauta. “Todos anseiam ver a indústria naval revitalizada, impulsionando o desenvolvimento econômico e social”. O presidente da Transpetro, Sérgio Bacci, elogiou a condução dos trabalhos da Frente Parlamentar e destacou a importância do setor naval no plano industrial do governo. “A Frente Parlamentar conseguiu unir todos os interesses desse segmento, que precisa estar inserido no processo de industrialização e de soberania nacional”.

Participaram também da reunião, representando a Frente Parlamentar, os deputados federais Carlos Veras (PT-PE) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ), demais representantes do MDIC, FUP, Sinaval, Transpetro, CNM-CUT e sindicatos do segmento.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome