Matando a sede!

Hora Luterana.

A seca que estamos enfrentando tem nos feito refletir a respeito do uso da água. Um estudo realizado no ano de 2019 mostrou que o Brasil desperdiça cerca de 40% de sua água potável anualmente, o que seria suficiente para abastecer 63 milhões de pessoas, cerca de 30% da população do país. É inegável a necessidade de cuidar deste bem tão precioso, fundamental para a vida. Não é a toa que Jesus usou o exemplo da água para falar de si mesmo. Ao conversar com certa mulher que fora até um poço o Salvador destacou: “Quem beber desta água voltará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.” (Evangelho de João 4.13-14) Desperdiçar água é por si só um ato condenável, pois ela é essencial para a vida humana aqui na terra. Entretanto, desperdiçar a água viva que é Jesus, é ainda mais delicado, pois Ele é essencial para a vida aqui e principalmente, na eternidade. Portanto, nestes tempos de estiagem em que lembramos a importância da água, não esqueçamos daquele que mata nossa sede de verdade: Jesus!

Pastor Valdir Lopes Junior
Igreja Luterana da
Redenção – Pelotas
www.horaluterana.org.br

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome