Entra ano e sai ano e tudo igual no RS, o Rei se junta à Rainha, Falecimento e Chip cerebral

Sérgio Corrêa, jornalista e radialista.

ENTRA ANO E SAI ANO E CONTINUA TUDO IGUAL NO RS

No dia 29 de dezembro, quinta-feira, apresentei o Programa Hora Marcada na Rádio Tupanci. Ao entregar para os ouvintes o conteúdo de notícias que produzi, li a seguinte manchete: “cresce o número de municípios em situação de emergência devido à estiagem”.

No início do ano, mais precisamente no dia 9 de fevereiro de 2022, eu li, no mesmo programa de rádio, uma notícia com o seguinte título: “401 municípios gaúchos decretaram estado de emergência devido à estiagem”.

O governador do estado pensou em ser candidato a Presidente da República, como não conseguiu, pensou em ser vice de algum presidenciável e, como também não conseguiu, retornou para ser candidato ao governo do Rio Grande do Sul.

Como candidato ao Palácio Piratini, Eduardo Leite quase perdeu a vaga no segundo turno para o candidato do PT, Edegar Pretto – e foi por pouco, pouco mesmo! Entretanto, no segundo turno, o número de gaúchos que não queriam Onyx Lorenzoni como governador, somados petistas e outros, foi muito maior.

Particularmente, é admirável a autoestima do governador eleito Eduardo Leite, mas alguém tem que dizer a verdade: quem venceu a eleição no Rio Grande do Sul foi o sentimento “anti Onyx Lorenzoni”!

Espera-se que o interesse do governador eleito pelo tema estiagem perdure pelos próximos quatro anos de mandato, pois os três anos e meio do primeiro mandato não foram suficientes sequer para amenizar o referido problema.

ENTRA ANO E SAI ANO E CONTINUA TUDO IGUAL NO RS II

Final de ano é momento de reflexão, de desapegar de velhos conceitos e pensamentos, de enxergar as verdades, mesmo que doloridas, e vislumbrar novos horizontes. No período da campanha eleitoral de 2022, a prefeita Paula Mascarenhas, num gesto de fidelidade (sobre o qual a parabenizo!), articulou uma reunião entre os prefeitos da Zona Sul e o candidato Eduardo Leite – que vivia uma situação de vida ou morte política no pleito e por tal motivo necessitava do apoio dos prefeitos para vencer a eleição.

A tal reunião aconteceu. Eduardo Leite veio a Pelotas e todos os prefeitos declararam apoio a ele. Passados 50 dias da eleição, no dia 20 de dezembro de 2022 no auditório do SICREDI/Pelotas, os prefeitos da Associação do Municípios da Zona Sul/AZONASUL realizaram um evento para premiar Estratégias de inovação para o desenvolvimento. Ao convidar o governador eleito, Eduardo Leite, todos esperavam o mínimo de consideração.

No entanto, Leite não compareceu, mas deve ter apresentado alguma justificativa!
A Zona Sul recebeu pouco ou quase nada do governo do estado nos últimos quatro anos e, pelo visto, estamos encerrando o ano com chave de ouro.

O REI SE JUNTOU À RAINHA

Na última quinta-feira, por volta das 16h20min, eu estava escrevendo esta coluna quando a luz na tela do celular roubou meu olhar para a notícia que acabara de aparecer com letras vermelhas e maiúsculas informando: “MORRE PELÉ, O REI DO FUTEBOL”.

Em 2022, os ingleses, criadores do futebol, choraram a morte da Rainha Elizabeth II. Hoje, quinta-feira, 29 de dezembro de 2022, tanto o futebol, quanto o Brasil e o mundo choram a morte do Rei Pelé.

É incrível pensar que, do total de 8 bilhões de habitantes do planeta Terra, possam existir pessoas que sejam conhecidos(as) pela população mundial quase que em sua totalidade.
Creio não haver dúvida que Elizabeth II e Pelé são duas das figuras mais conhecidas do planeta. A representante dos criadores da arte e o artista do esporte – Elizabeth II e Pelé – conquistaram esta vitória para o futebol, com algumas diferenças é lógico.

RAINHA ELIZABETH

Para chegar ao patamar de ser conhecida pela maioria da população mundial, Elizabeth II cumpriu 70 anos de reinado como Chefe de Estado do Reino Unido, sendo também a principal figura da monarquia mais popular da atualidade. Cabe salientar que a monarca ficou conhecida e sempre foi chamada de Rainha Elizabeth.

PELÉ

Edson Arantes do Nascimento, simplesmente Pelé, jogou apenas 21 anos para alcançar o trono e ser coroado como Rei do Futebol. Thomas Edison foi o nome que inspirou os pais de Pelé a escolherem o nome Edson – e até então tudo normal, inspirar-se no inventor da lâmpada! Incrível é pensar que o garoto, com um apelido que inicialmente não gostava, tornou-se conhecido pela maioria da população mundial.

Pelé é a realidade e o sonho de muitos brasileiros, um menino pobre e negro, que por meio do esporte, se tornou o Rei do Futebol, conhecido e respeitado pelo mundo e por diversas gerações.

O horário de entrega da coluna não me permite escrever mais sobre Pelé, mas voltarei ao Rei nas próximas edições.

FALECIMENTO

Pelotas perde mais um de seus ícones na arte de atender e vender coisas de boteco.
Esta semana, dia 28 de dezembro, faleceu o Seu Delamar – o homem do submarino –
uma especialidade que somente ele conhecia a arte, desde a forma de preparar e servir, até a composição do sabor inigualável.

Que Deus o acolha no céu, e nós aqui na terra sentiremos falta do inesquecível submarino preparado pelo seu Delamar.

CHIP CEREBRAL

A Neuralink, empresa do sul-africano Elon Musk, dentro de seis meses começará testes de chips cerebrais em humanos. A empresa tem realizado testes em animais e, após os experimentos em macacos, estes demonstraram capacidade de jogar videogame.

Com estudos em humanos, Musk quer que o chip cerebral traga o movimento para pessoas que perderam os movimentos devido a problemas musculares, assim como, recuperar pessoas que perderam a visão e os deficientes que nasceram com essas limitações.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome