Enquanto a população discute eles negociam, juros, bloqueio, Covid-19 e mais

Sérgio Corrêa, jornalista e radialista.

ENQUANTO A POPULAÇÃO DISCUTE, ELES NEGOCIAM!

Enquanto a população discute, eles negociam, não há nada de errado nem de imoral nessa expressão. É importante saber que a política é assim, é diálogo permanente e somente os radicais não entendem isso.

Quem não evolui, não muda o posicionamento quando se faz necessário para que se construa e se concretize o bem maior para a maioria do povo, não terá sucesso em nenhum campo da existência onde seja necessário ouvir e construir decisões conjuntas com pessoas ou coletivos.

De um lado, o governo Jair Bolsonaro faz uma operação política buscando obter parte dos recursos da PEC do Estouro para fechar as contas deste ano. Do outro, a equipe de transição do futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva sinalizou que estão dispostos a negociar.

A negociação envolve uma emenda ao texto da PEC do Estouro que permita a liberação de recursos para serem utilizados ainda em 2022 para fechar as contas do governo Bolsonaro, sem estourar o teto de gastos.

PAGANDO JUROS

O município de Pelotas assinou contrato de financiamento junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, no valor de R$ 12,4 milhões, para investimento em projetos de infraestrutura viária, cicloviária e iluminação pública em LED em diversas áreas da cidade.

Leitores questionam: por que o executivo pelotense pega dinheiro em banco e paga juros para executar obras de iluminação pública em LED se a prefeitura instituiu e arrecada com a cobrança da COSIP – Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (COSIP)?

BLOQUEIO E DESBLOQUEIO

A semana foi de bloqueios e desbloqueios de recursos para universidades, hospitais e institutos federais. A gastança foi tão grande, com o orçamento secreto, emendas parlamentares, emendas de bancada e qualquer dinheiro que pudesse contribuir para a eleição ou reeleição de deputados, governadores, senadores e do próprio Presidente da República, que agora falta dinheiro para o custeio de serviços básicos.

Falta dinheiro para pagar milhares de médicos residentes que trabalham nos hospitais federais pelo país a fora. No Hospital de Clínicas de Porto Alegre, foram bloqueados R$ 15,7 milhões que seriam usados para pagamentos de contratos de prestações de serviços, materiais médicos, limpeza, higiene e medicamentos.

No grupo Hospitalar Conceição o novo bloqueio soma-se a um anterior no valor de R$ 13,6 milhões realizado em maio desse ano. Segundo Teresinha Finato, coordenadora de gestão financeira do Conceição, – o estoque de medicamentos limita-se a 30 dias, se persistir o bloqueio poderemos ter falta de medicamentos. O problema do momento é quanto a serviços de manutenção, segurança e despesas com energia elétrica, água e gás. A alimentação também poderá ser impactada – afirma. (fonte: GZH).

REVISÃO DA VIDA TODA

O Supremo Tribunal Federal aprovou revisão das contribuições da vida toda para cálculo de aposentadorias do INSS. Uma decisão coerente, afinal, você trabalha a vida toda para se aposentar e o cálculo estava sendo feito somente de 1994 até hoje.

Pelotas é o maior exemplo da injustiça praticada contra os aposentados. Vamos relembrar instituições que, somadas, empregavam milhares de pessoas com ótimos salários. CICASUL, J Alves Veríssimo, Olvebra, Ceval, Metalúrgica Guerreiro, Banco Francês e Brasileiro, Sulbrasileiro, Caixa Econômica Estadual, Bancos Mercantil do Brasil, Mercantil de São Paulo, Auxiliar de São Paulo, BCN, Real, Unibanco, Bamerindus e muitas outras empresas e instituições bancárias.

Estas foram empresas que remuneravam os empregados com padrão salarial razoável e, quando fecharam, os desempregados foram obrigados a buscar novas alternativas de trabalho e, supostamente, com salários mais baixos. Alguns passaram a trabalhar como autônomos recolhendo a contribuição previdenciária sobre um no máximo dois salários (mínimo).

Estes, na hora da aposentadoria, não tiveram o direito de usar no cálculo o valor dos salários mais altos recebidos antes de 1994, agora, a decisão do STF, permite aos aposentados o ingresso na justiça solicitando que o cálculo seja baseado nas contribuições da vida toda, assim como os que pedirem aposentadoria hoje.

COVID-19

Nova onda da pandemia quadruplica internações no Rio Grande do Sul. A média de internações em leitos clínicos aumentou 323% do começo de novembro até o começo de dezembro.

No início de novembro, com base nos sete dias anteriores a média de doentes internados era de 81 pessoas, em 04 de dezembro alcançou 343 internados.

Especialistas recomendam os cuidados preventivos como o uso de máscara em locais fechados e, sobretudo, completar o esquema vacinal com todas as doses.

“NUNCA FUI BOLSONARISTA RAIZ”

Esta foi a frase do ex-ministro da infraestrutura e governador eleito do Estado de São Paulo Tarcísio de Freitas. Frase dita durante entrevista a Rede CNN de Comunicação. “Eu nunca fui Bolsonarista raiz. Comungo das ideias econômicas principalmente desse governo Bolsonaro. A valorização da livre iniciativa, os estímulos ao empreendedorismo, a busca do capital privado, a visão liberal. Sou cristão, contra aborto, contra liberação de drogas, mas não vou entrar em guerra ideológica e cultural”.

Ele também defendeu a pacificação do país e se disse contrariado com as críticas que recebe, por vezes, de Bolsonaristas. A mais recente delas, por ter se sentado ao lado do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso que, segundo Tarcísio, é “preparadíssimo e razoável”.

Barroso foi um dos alvos constantes do presidente Jair Bolsonaro durante sua gestão. Para o governador eleito, inclusive, um dos erros do governo federal foi entrar em conflito com o judiciário. (Reprodução de conteúdo da rede CNN)

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome