Hospital de Piratini consegue redução de R$ 12 mil com captação de energia solar

Sistema de placas permitiu uma grande redução na tarifa mensal de energia (Foto: Andrew de Oliveira/Piratini News)

Uma conta que ultrapassou os R$ 12 mil em julho deste ano, para uma tarifa de pouco mais de R$ 700 em agosto. Este é o resultado obtido pelo Hospital de Caridade Nossa Senhora da Conceição, de Piratini, com a economia gerada pelo sistema de placas fotovoltaicas instaladas pela instituição, obra que foi finalizada mês passado. O investimento totalizou R$ 535 mil, levantados através de financiamento bancário para ser pago em cinco anos, parcelas de R$ 7.654,00 ao mês.

São sete conjuntos de placas com dezenas de captadores da luz solar, que é transformada em energia e alimenta a estrutura da instituição.

“Estamos felizes com o negócio que fizemos, pois não esperávamos uma redução tão drástica assim, muito embora, com o surgimento da pandemia, ocorreu uma redução no número de pacientes internados, bem como das cirurgias que fazíamos aqui. Assim, estamos gastando menos eletricidade, pois o nosso normal até abril de 2020 era uma conta de R$ 18 mil por mês, o que foi reduzido para R$ 12 mil em maio”, explicou o diretor do hospital, Laerto Farias.

Segundo ele, com a chegada das estações quentes e que aumentam a duração dos dias, a tendência é diminuir ainda a mais o valor da conta, o que lhe faz projetar que, em três anos o financiamento será pago.

“Valeu à pena. Esperamos que mensalmente consigamos pagar o empréstimo e ainda nos sobre em média R$ 4,5 mil. Isso faz com que, futuramente, com a ampliação do prédio, instalemos mais placas, já que a energia excedente poderá ser vendida à concessionária, portanto, a intenção é que, ao invés de pagarmos pela luz, tenhamos lucros com a energia gerada por nosso sistema”, concluiu Farias.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome