Concurso escolhe as mais belas negras de Piratini em quatro categorias

Sofia Neuenfeld Lemos Borges, Tamara Silveira Nunes e Talia Luiz de Oliveira (Foto: Nael Rosa/JTR)

Oito candidatas em quatro categorias – bonequinha, mirim, juvenil e adulta – participaram do concurso A Mais Bela Negra de Piratini, edição 2019/2020, realizado no sábado (23) na Sociedade Recreativa e Cultural 13 de Maio, parceira na promoção da Pastoral Afro da Igreja Nossa Senhora da Conceição.

Sofia Moreira Silveira, de apenas 2 anos, ficou com a faixa de bonequinha. Sofia Neuenfeld Lemos Borges, de 7, ganhou na mirim, ficando o título da juvenil para Tamara Silveira Nunes, de 17. Na categoria principal, Talia Luiz de Oliveira, de 22, foi eleita a Mais Bela Negra.

Para Eva Maria Pinheiro, coordenadora da Pastoral Afro que faz um trabalho voltado para a Consciência Negra promovendo a história dentro da igreja, é importante promover um concurso direcionado à raça, pois isso eleva a autoestima da mulher afrodescendente. “Serve para que elas ao participarem, se vendo num concurso, gostem mais de si, pois muitas se retraem achando que por serem negras não possuem beleza, e o desfile mostra o quanto elas são naturalmente bonitas”, disse Eva.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome