5ª Feira Municipal do Morango inicia-se nesta sexta-feira em Pelotas

Foto: Divulgação

A 5º Feira Municipal do Morango 2021, de 1º a 30 de outubro, das 9 às 17h, proporcionará a venda direta da fruta do produtor ao consumidor, em embalagem padronizada de 1 quilo, com preços de R$ 13,00 e de R$ 15,00, além de derivados, como cucas e geleias produzidas na colônia. Na sexta-feira (1º/10), às 10h, no Largo do Mercado Central, será a abertura oficial do cronograma, com a presença de autoridades, de convidados, técnicos e produtores.

A Feira do Morango é uma realização da Prefeitura, sob organização da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e participação da Emater, Embrapa, Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Em todas as bancas, no Centro e em bairros, os comerciantes usarão avental e máscara, cumprindo determinações das boas práticas e cuidados sanitários quanto à prevenção à Covid-19. Haverá álcool gel à disposição dos consumidores.

“A abertura oficial da Feira terá um diferencial em relação a edições anteriores. Como não será realizada a Festa do Morango, na zona rural, devido à pandemia do coronavírus, dez bancas estarão instaladas no Largo do Mercado, fortalecendo a estratégia de busca de maior abrangência possível de público e reforçando a divulgação do potencial produtivo”, enfatiza o secretário Jair Seidel.

Produção de morango em Pelotas

O Município ocupa a 4ª colocação, no Estado, em produção de morango. Cento e setenta famílias da zona rural de Pelotas estão envolvidas com o cultivo e a comercialização da fruta, cuja expectativa da colheita, neste ano, é de mais de 1,6 mil toneladas.

O secretário Jair Seidel informa que a zona rural conta com 40,5 hectares de produção de morango e que, das 170 famílias envolvidas, 85 praticam a técnica do cultivo fora do solo. O acompanhamento das atividades dos produtores conta com participação da SDR com parceria da Emater (técnica), da Embrapa e da UFPel (pesquisa e tecnologia), e apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

O mercado consumidor do morango produzido em Pelotas é local, regional, e abrange outros pontos do Estado. “Produtores reúnem-se, periodicamente, com as entidades de apoio, visando à consolidação do processo evolutivo e à retomada da força da cultura da fruta no município. Essa estratégia possibilita galgar a ampliação de mercados”, salienta Seidel.

Saiba onde estará a banca mais próxima

– Centro

O Largo do Mercado Central é o ponto de vendas do Centro, com comercialização, diariamente, das 9 às 17h, à exceção dos domingos.

– Bairros

* Sábado (2/10) – Laranjal, na avenida Rio Grande do Sul esquina Doutor Augusto de Assumpção Júnior (praia) e rua Guilherme Wetzel (Cohabpel)

* Domingo (3) – Laranjal

* Segunda-feira (4) – Terra Nova (Três Vendas)

* Terça-feira (5) – Guabiroba (Fragata), na praça central

* Quarta-feira (6) – Defronte o Big e na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira esquina rua Tiradentes

* Quinta-feira (7) – avenida Duque de Caxias (Fragata), defronte o Sicredi

* Sexta-feira (8) – avenida Salgado Filho (Três Vendas), defronte a Havan

* Sábado (9) – Laranjal, na avenida Rio Grande do Sul esquina Doutor Augusto de Assumpção Júnior (praia) e rua Guilherme Wetzel

* Domingo (10) – Laranjal, na avenida Rio Grande do Sul esquina Doutor Augusto de Assumpção Júnior (praia)

* Segunda-feira (11) – Terra Nova (Três Vendas)

* Terça-feira (12) – Guabiroba (Fragata), na praça central, e Laranjal, na avenida Rio Grande do Sul esquina Doutor Augusto de Assumpção Júnior (praia)

* Quarta-feira (13) – Big e Juscelino esquina Tiradentes

* Quinta-feira (14) – avenida Duque de Caxias (Fragata), defronte o Sicredi

* Sexta-feira (15) – avenida Salgado Filho, defronte a Havan

Na segunda quinzena do mês, as bancas da feira itinerante cumprirão o mesmo cronograma de locais e dias da semana.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome