Com futebol suspenso, Pelotas demite Luiz Carlos Winck e dispensa atletas

Técnico Luiz Carlos Winck deixou de comandar o Lobo (Foto: Tales Leal/ AI ECP)

A direção do Pelotas decidiu, na última terça-feira (31), encerrar o vínculo com o técnico Luiz Carlos Winck e jogadores, além de liberar outros que o vínculo terminaria no próximo dia 14. No Campeonato Gaúcho, suspenso em decorrência da pandemia do coronavírus, o time ocupa a vice-lanterna da classificação geral.

Ainda, desde o dia 1º, os demais funcionários e nove jogadores que têm contrato até o final do ano entraram em férias coletivas.

Em nota publicada nas redes sociais, o treinador agradeceu o apoio que recebeu no período em que esteve à frente do Lobo. “Estamos passando por um momento de recessão e todos precisamos fazer a nossa parte em prol do clube. A instituição precisa e vai sobreviver a esta crise”, disse, enfatizando a importância dos torcedores e sócios neste momento delicado. “Que juntos possamos sair desta situação mais fortalecidos e unidos como sociedade”, finalizou.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome