Com homenagem à filha, Maicon Paiva vence o 21º Terra e Cor da Canção Nativa de Pedro Osório

Festival teve 16 músicas finalistas. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Pedro Osório)

Após duas noites de festival, Cecília, representante de Cerrito e Pedro Osório, foi a grande campeã do XXI Terra & Cor da Canção Nativa no encerramento do festival na noite de sábado (2). O arranjo é de autoria de Maicon Paiva, que também é intérprete e um responsáveis pela letra, ao lado de Karoline Bertoletti.

O evento que começou na sexta-feira (1º) contou com grande público na sua retomada, além de grandes shows que abrilhantaram a festa, como de João Chagas Leite, Sandro Coelho, Jairo Lambari Fernandes, Ricardo Bergha, André Teixeira e Leandro Bitencurt. 

Houve destaque também para a apresentação dos números das invernadas mini mirim, adulta e veterana do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Fogo de Chão e do Grupo de Danças Sentinelas da Liberdade.

Em sua fala na abertura, o prefeito Moacir Alves (MDB), o Chola, destacou o sucesso da retomada do festival e confirmou a continuidade em 2024. 

Público ainda pôde acompanhar show com artistas renomados no cenário estadual. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Pedro Osório)

Os jurados Elyane Satte Alam; Frutuoso Araújo; José Carlos Batista; João Chagas Leite e Jairo Lambari Fernandes tiveram que analisar 16 finalistas, sendo três de Pedro Osório.

A premiação teve R$ 4 mil, além de troféu, para o 1º colocado, R$ 3 mil para o 2º e R$ 2 mil para o 3º.

O festival ainda teve shows de João Chagas, Sandro Coelho, André Teixeira, Ricardo Bergha, Jairo Lambari Fernandes e Leandro Bitencourt. Ainda foram realizadas homenagens aos ex-presidentes do festival, que receberam um troféu em agradecimento pelo trabalho, com destaque à placa de Telmo Ferreira, primeiro presidente, em 1987.

Confira o resultado completo 21ª Terra e Cor da Canção Nativa:

Melhor arranjo: Maicon Paiva – Cecília

Melhor melodia: João Bosco Ayala Rodrigues – o menino da praça

Melhor poesia: Canha com mel Otávio Lisboa e Felipe Corso

Melhor instrumentista: Marcelinho Freitas – Leguero

Melhor intérprete: Alex Moreira – Simples é o meu rincão

Música mais popular: Simples é o meu rincão – Felipe Barbosa

Segundo lugar: O do retrato – Sidnei bretanha

Melhor música: Cecília – Maicon Paiva

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome