Morro Redondo recebe cerca de R$127 mil em recursos do FEAPER

Recursos serão destinados a agricultores, quilombolas e agroindústrias do município. (Foto: Divulgação)

Moradores de Morro Redondo foram contemplados com financiamentos por meio de recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (FEAPER). No total, os valores serão destinados a seis famílias de agricultores familiares, com R$30 mil, sete famílias quilombolas, com R$40 mil e cinco agroindústrias, que receberão R$57.471. O montante, portanto, chega a R$127.471.

A medida foi realizada pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), através da resolução nº 010/2022 do FEAPER, do dia 29 de novembro.

Essa ação faz parte do Programa Avançar RS, para o qual o município se habilitou através do trabalho da Prefeitura Municipal, com atuação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Turismo (SMDRT) e o apoio do escritório municipal da Emater/RS-Ascar.

Segundo o titular da SMDRT, Antônio Martins, essa conquista representa o trabalho de vários meses, nos quais foram realizadas as ações de adesão ao programa Avançar. Posteriormente, foram obtidas as autorizações para identificação e inscrição de beneficiários e, em seguida, houve a mobilização do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Morro Redondo (CONDERMOR) que elaborou os critérios de seleção e selecionou os beneficiários, para, por fim, serem realizadas toda a ação de inscrição dos beneficiários selecionados no programa.

O chefe municipal da Emater, o engenheiro agrônomo Evaldo Voss, destaca que tão logo seja autorizado, serão elaborados os projetos, sendo que esses recursos serão aplicados nas atividades de Olericultura e Agroindústria, prioritárias no Planejamento Municipal, visando atender, entre outros, o mercado da merenda escolar.

Destaca-se ainda a atuação do CONDERMOR, que através dos seus 25 conselheiros, sendo 16 agricultores e dois quilombolas, além de demais representantes de entidades, presidido por Flávio Reis Almeida, contribuiu para que se chegar a esse objetivo.

O FEAPER é uma modalidade de financiamento do governo do Estado do Rio Grande do Sul, no qual os beneficiários tem rebate de 80% do valor financiado, pagando os outros 20% em parcelas anuais.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome