Executivo de Morro Redondo esclarece contenção de gastos quanto ao turno de 6 horas e cargos de confiança

Prefeito Diocélio Jaeckel falou sobre a atual situação do Executivo (Foto: Arquivo/Vitória Leitzke/JTR)

Diones Forlan e Vitória Leitzke

Sem repasses do governo estadual e federal, o prefeito Diocélio Jaeckel (PTB) anunciou em ofício o corte dos plantões do Hospital Dr. Ernest Maurício Arndt, em outubro, devido à necessidade de contenção de gastos. Entretanto, os atendimentos dos convênios de profissionais que prestam o serviço mensalmente junto ao hospital como de eletrocardiograma, ultrassonografia, fisioterapia, fonoaudióloga, ginecologista e psicóloga estão mantidos.

Apesar do Executivo estar enfrentando uma crise financeira, não há a possibilidade de parcelamento ou atraso no pagamento de municipários, segundo o prefeito. Ele ainda afirma que mês a mês será informado através de meios de comunicação para a comunidade o resultado das economias das medidas tomadas, e dependendo da situação, poderá ser retomado os atendimentos dos plantões junto ao hospital.

Além do corte no repasse dos plantões, outra medida tomada pelo governo foi o retorno ao atendimento de 6 horas. Conforme dados divulgados, pela Prefeitura, em audiência pública realizada no dia 28 de fevereiro deste ano, na Câmara de Vereadores, a economia mensal do turno reduzido, que envolveu os anos de 2017 e 2018, em contas de água, luz, telefone e horas extras representou R$ 18,5 mil. Já a economia de combustíveis, por mês, foi de R$ 9.678. O prefeito afirma que esses números poderão sofrer alterações a partir de agora, devido aos reajustes.

Quanto às medidas recentes, as horas extras foram diminuídas de 44 horas para 20 horas. Sobre os cargos de confiança, foram exonerados oito e rescindidos seis contratos de servidor, gerando uma economia de em torno de R$ 28 mil.

Jaeckel ainda esclarece à comunidade, referente aos questionamentos realizados pela reportagem em matéria publicada na edição 681, que a falta de retorno foi devido a imprevistos de encerramento do horário de expediente do Executivo, além do fato de estar cumprindo compromisso de agenda, estando impossibilitado de responder antes do fechamento da edição anterior. “Coloca a administração e as secretarias disponíveis para dar quaisquer tipos de informações”, finaliza.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome