Municípios da região promovem debates sobre o Carnaval 2022

Realização do Carnaval em 2022 ainda é incerta em alguns municípios da região. (Foto: Gustavo Mansur/Arquivo/Prefeitura de Pelotas)

*Por Rafaela Dutra, Juliana Lima e Julya Schmechel

Nas últimas semanas, municípios como São Paulo e Rio de Janeiro abriram a venda de ingressos para o Carnaval 2022. O avanço da vacinação e a queda no número de casos e mortes em decorrência da Covid-19 despertam a esperança do retorno da festa, mas o assunto ainda está sendo debatido em alguns municípios da região.

Em Pelotas, depois de dois anos, a comunidade carnavalesca volta a sonhar. Em 2020, os desfiles do Carnaval em Pelotas, que aconteceriam no final de março, foram cancelados devido à chegada da pandemia do coronavírus. Segundo o secretário municipal de Cultura, Paulo Pedrozo, a pasta já tem se reunido com a Associação das Entidades Carnavalescas de Pelotas (Assecap), principal responsável pelo evento, para articular o carnaval do próximo ano. A folia deve acontecer em março de 2022 e contar com o tradicional desfile das Escolas de Samba, Bandas Carnavalescas e Blocos Burlescos, em formato ainda não definido.

O presidente da Assecap, Mestre Dídio, conta que a principal dificuldade enfrentada por eles foi a falta de perspectiva de retorno. “Agora já está mais fácil, voltamos a acreditar que vai ter Carnaval, já que em várias cidades a festa já foi liberada”, explica. A ideia é que o evento siga os protocolos de saúde, que devem ser definidos em reunião da Associação com a Secretaria de Cultura nas próximas semanas.

Marco Moraes, conhecido como Marcão, presidente da escola campeã em 2019, a General Telles, conta que os dois anos sem desfile e eventos está sendo difícil mas, acredita que o pior já passou e que a escola está preparada para retornar à avenida. “Hoje, se for confirmado o carnaval para 2022, a Telles estará com 50% do carnaval pronto”, afirma.
Em relação aos Blocos de Rua, Pedrozo acredita que os foliões vão precisar esperar pelos próximos decretos de flexibilizações para saber como ficarão os eventos em relação ao distanciamento e controle do público.

Em nota, o Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia da Covid-19 da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), diz que acredita não haver condições de ter eventos do tipo nesse momento no município e que é difícil fazer previsões.

Expectativa em São Lourenço do Sul
A esperança é a mesma em São Lourenço do Sul. O município é conhecido pela folia que acontece no Centro da cidade e também na praia. A expectativa da realização do evento aumenta por conta da previsão de reabertura do Camping Municipal da Lagoa, com data marcada para 17 de dezembro. O local deve funcionar durante a temporada de veraneio, Carnaval e 34º Reponte da Canção.

A Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de São Lourenço do Sul afirma que a realização do Carnaval é uma realidade concreta. “Temos condições e experiência para planejar e organizar um grande evento dentro dos protocolos que estarão vigentes. Porém, esperamos uma queda nos números da Covid-19 para realizarmos o evento de maneira integral”, declarou a pasta.

Situação indefinida em Jaguarão
Em Jagurão, segundo informações da Secretaria de Cultura e Turismo do município, algumas reuniões para tratar do assunto já foram realizadas, mas nada ficou definido.

“Sabemos que esta festa movimenta bastante a economia do município, principalmente hotéis e restaurantes que, durante os dias, ficam completamente lotados, mas temos que ter cautela nesse momento de pandemia, ver o melhor jeito de se realizar para que não haja o avanço da Covid-19. Por essa razão, estamos realizando muitas conversas à respeito”, disse Evanice Marques da Rocha, Secretária Adjunta de Cultura e Turismo.

O presidente da Liga dos Trios, Marcelo Cartaginez Peres (Gago), informou que os trios, que são a grande atração do Carnaval de Jaguarão, já estão trabalhando, dentro das normas de prevenções, para sair durante as noites da festa. “Só estamos esperando uma decisão da Prefeitura para, posteriormente, começar as reuniões para organizações dos trios”, afirmou.

Câmara irá realizar Audiência Pública sobre o tema
Na sessão de terça-feira (26), os vereadores de Jaguarão votaram a favor do requerimento de Leandro Bonow (MDB) para que seja realizada uma audiência pública para ouvir a comunidade sobre o assunto. A ação ficou marcada para o dia 17 de novembro.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome