Capão do Leão: Câmara aprova projeto do Executivo

(Foto: Divulgação)

O voto decisivo foi do presidente, vereador Renato Miranda(MDB), após empate em 4 a 4 na votação. E foi aprovado o projeto de lei 35/2021, que altera artigo da Lei 967/2004 e cancela um auxílio-alimentação dos servidores municipais de Capão do Leão que o recebem por duas matrículas, ou seja: recebem dois benefícios.

O projeto do Executivo atende recomendação do Tribunal de Consta do Estado(TCE), que vê irregularidade na forma de concessão do benefício, e isso gera a possibilidade de o prefeito Vilmar Schmitt ter de ressarcir os valores pagos. No total, 27 professores da rede municipal formam o grupo dos beneficiados pelo duplo vale.

Votaram favoravelmente ao projeto os vereadores Fernanda Ribeiro(PP), Fernando Enfermeiro(PSD), Thyzyu(PDT) e André Porto(PTB). Os votos contrários foram dos vereadores Jhulian Ferreira, Renato Povoa e Marco Aurélio, do PT, e David Martins(PTB). Os vereadores Valentim(PP) e Rafael Peres(PSD) se abstiveram da votação. Pelo desempate votou o presidente da Câmara Municipal, vereador Renato Miranda.

O Executivo Municipal acena com a possibilidade de a partir do exercício de 2022 utilizar parte da verba que deixará de ser paga irregularmente para conceder um aumento no auxílio-alimentação dos 812 servidores da administração, os quais estão desde o ano 2019 sem receber aumento nos seus benefícios.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome