São Lourenço do Sul: Vereadora apresenta projeto de lei do Programa Educacional de Combate e Controle ao HIV/AIDS

Vereadora apresentou proposta de projeto de lei para a criação de campanha. (Foto: Vagner Bork)

A vereadora Fabiane Peglow (PSB) apresentou na segunda-feira (6) o projeto de lei nº 049/2021, que autoriza o Poder Executivo a criar o “Programa Educacional de Combate e Controle ao HIV/AIDS” no município de São Lourenço do Sul, através da secretarias de Educação, Cultura e Desporto e de Saúde.

A Prefeitura fica autorizada a criar convênios e parcerias com as demais secretarias, com o Governo Estadual e Federal, a iniciativa privada e ONG’s, para que seja feito um trabalho de conscientização sobre o combate e o controle do HIV/AIDS, suas formas de transmissão, os cuidados, sobre a importância do tratamento e principalmente referente ao preconceito que os portadores do HIV/AIDS sofrem na sociedade.

Segundo dados do governo federal, em 2019, foram diagnosticados cerca de 41.919 novos casos de HIV e de 37.308 casos de AIDS. A maior concentração de casos de AIDS está entre os jovens, entre 25 e 39 anos, de ambos os sexos, correspondendo mais de 52% dos casos do sexo masculino, e entre as mulheres, mais de 48%, no total de casos registrados.

“O investimento de recursos públicos em programas e campanhas de conscientização, como este que estou apresentando, tem uma grande importância, pois não protege apenas a saúde dos nossos jovens que estão na escola, mas também evita gastos ainda maiores com a assistência médica quando essas pessoas são contaminadas com o vírus, visto os gastos com exames, medicações, visitas constantes às UBS e hospitais”, afirma a vereadora.

A parlamentar conclui que muitas dessas pessoas, principalmente os jovens, não tem informação suficiente ou desconhece as consequências de atitudes mal tomadas, sendo materiais explicativos e palestras voltadas ao assunto nas escolas, e principalmente a distribuição de preservativos, como também ressaltar a importância de seu uso, para que São Lourenço diminua os números de casos nos próximos anos.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome