Rio Grande: Prefeitura investe mais de um milhão em materiais tecnológicos para as escolas do município

(Foto: Divulgação)

A Prefeitura do Rio Grande realizou a entrega simbólica de materiais tecnológicos para a Secretaria da Educação (SMED) destinada as 77 escolas do município, nesta sexta-feira (07), no Salão Nobre, com a presença das diretoras das escolas, coordenação da secretaria e o secretário de Relação Institucionais, Assuntos Internacionais e Parcerias Público Privadas, Cláudio Diaz.

O objetivo do projeto é permitir o acesso tecnológico dentro das escolas do município, auxiliando nas atividades pedagógicas e no processo de aprendizagem dos alunos. Logo, permite que os professores possuam maiores recursos, promovendo diferentes metodologias em sala de aula.

Dessa forma, todas as 77 escolas do município serão comtempladas com um projetor multimidia, uma televisão smart e também receberão equipamentos adaptáveis para a inclusão dos alunos deficientes, contendo um tablet por escola que possui a sala de recursos, além de materiais que ajudarão na aprendizagem. Juntamente com esses equipamentos as 17 escolas de educação infantil (EMEIs) receberão uma máquina de lavar e uma secadora.

O investimento realizado foi de aproximadamente um milhão de reais, sendo 256 mil para materiais da sala de recursos, 675 mil nos projetores multimidias, 140 mil nas televisões smart e 290 mil nas secadoras e nas maquinas de lavar.

O secretário da Educação, Henrique Bernadelli, destacou a importância desse investimento para as escolas. “Desde o início da gestão do Prefeito Fabio Branco nós tivemos oportunidade de verificar e exercer recursos para reequipar as escolas. Então, desde o ano passado estamos nesse processo, atendendo primeiramente a questão das reformas nas cozinhas para a merenda escolar, pois era logicamente mais importante. Logo, neste momento, estamos adquirindo equipamentos que servirão para atualizar as estruturas das escolas, levando tecnologia de informação e comunicação para as redes”, diz Bernadelli.

A superintendente pedagógica da Educação, Patrícia Ramos, ressaltou o objetivo principal dessa ação para os alunos da rede. “Temos mais de 20 mil alunos, sendo muitos deles de extrema vulnerabilidade social, então a importância desse investimento é permitir que esse aluno tenha acesso a tecnologia e a internet dentro da escola. Nós não temos ainda o assessoramento de internet em todas as escolas, mas estamos buscando e trabalhando para que todas as 77 escolas sejam contempladas com esse recurso. O objetivo principal é que esses alunos possam ter a ampliação do conhecimento, tendo acesso às informações, pois hoje o mundo é tecnológico”, comenta Patrícia.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome