Porto Alegre registra a primeira morte por coronavírus do estado

A prefeitura de Porto Alegre confirmou na madrugada desta quarta-feira (25) a primeira morte por coronavírus na capital e, também, no Rio Grande do Sul. O prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) divulgou a informação em uma rede social oficial, entretanto, o Estado ainda não oficializou o óbito.

A vítima é uma idosa, de 91 anos, que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Moinhos de Vento desde a última segunda-feira (23). Até ontem (24), eram mais de 2,2 mil casos confirmados no país e 47 mortes: 40 em São Paulo, seis no Rio de Janeiro e uma investigada no Amazonas, que ainda não entrou no boletim do Ministério da Saúde.

“Chegamos em um triste patamar onde deveríamos contabilizar a evolução do vírus, já que estamos na contaminação por transmissão comunitária, pelo número de pessoas na UTI. Nós tínhamos nove pessoas na UTI confirmadas com o vírus e 26 com suspeita em análise para verificar se estão ou não confirmadas”, afirma o prefeito em vídeo.

Pela contabilização do Estado, Porto Alegre tem 47 casos confirmados. Já o Município informa 81 casos.

O último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde, publicado às 19h da última terça, registra 112 casos confirmados no estado. 35 das 495 cidades do estado já registram a doença.

“Lamentamos muito, esperamos que nossas medidas possam evitar que isso seja uma constante em nossa cidade. Mas precisamos de todos. Isso não é uma questão jurídica, ideológica. É uma questão fática e de saúde”, finaliza Marchezan.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome