Conab e MDS preparam doação de 52 mil cestas de alimentos a famílias gaúchas atingidas pelas enchentes

Reunião na Sesan para tratar da aquisição de cestas ao RS. (Foto: Antonio Neto/Conab)

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) estão mobilizados para efetuar uma compra inicial de 52 mil cestas de alimentos para ajudar as vítimas das fortes chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul. A Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sesan), do MDS, já providenciou o empenho de R$ 8,39 milhões para viabilizar a aquisição.

Segundo o presidente da estatal, Edegar Pretto, os alimentos devem começar a chegar na Unidade Armazenadora da Conab em Canoas nos próximos dias. “A orientação do presidente Lula é que a gente coloque toda a estrutura, todo o suporte necessário para atender as prioridades. E a alimentação é uma prioridade. Nós faremos inicialmente a compra de mais de 50 mil cestas de alimentos”, informa Pretto.

A distribuição das cestas, bem como a definição das famílias e dos municípios a serem contemplados, serão coordenadas pelo conjunto do governo federal. “Nós vamos trabalhar em parceria com os municípios e outros órgãos para atender a demanda emergencial de alimentação nesse primeiro momento”, explica o presidente da Conab.

Neste sábado (4), integrantes do governo Lula estarão em Porto Alegre, conforme definido em reunião da Sala de Situação que foi estruturada, em Brasília, para acompanhar as ações de socorro e assistência aos atingidos pelas fortes chuvas no estado. Entre as agendas, está a instauração do gabinete de crise do governo federal no RS.

Integram a comitiva os ministros Waldez Góes, da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), e Paulo Pimenta, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom); o presidente da Conab, Edegar Pretto; o secretário nacional de Assistência Nacional, André Quintão; e a presidenta da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Joenia Wapichana.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome