Direção defensiva: conheça as boas práticas para dirigir e evitar acidentes

Então, chega o momento de pegar a estrada! Família reunida, todo mundo animado e um destino para ser alcançado. Pensando nisso, elaboramos um texto muito importante para a sua tranquilidade no trânsito, em que falamos sobre a direção defensiva!
Como perceberá, essa é uma leitura fundamental para que você faça trajetos seguros e livres de estresse — ainda mais quando consideramos o aumento de acidentes de carro durante a temporada de férias. Por isso, venha com a gente entender a importância dessa condução, aprendendo as melhores práticas no tema. Vamos lá!

O conceito da direção defensiva
Proteger, prevenir e antecipar. De certo modo, esses são os principais fundamentos da condução defensiva, que orienta o motorista a realizar uma pilotagem mais calma, tolerante e, sobretudo, cautelosa. Normalmente, essa é uma disciplina ensinada nos próprios Centros de Formação de Condutores — as autoescolas.
No entanto, o tempo passa e o conhecimento acaba se perdendo. Em consequência, muitas pessoas tornam a repetir práticas negligentes e perigosas, tanto para elas quanto para as demais à sua volta.
Sendo assim, o foco da direção defensiva é justamente conscientizar e ensinar, estimulando a internalização de boas práticas e tornando essa forma de condução algo automático na rotina dos motoristas.

A importância desse conceito
Para além de sua importância social, com a promoção de um trânsito mais seguro para todos, a direção defensiva ainda tem um papel de autopreservação, sendo um aprendizado fundamental para quem deseja proteger tanto a si mesmo como os demais ocupantes do veículo.
Afinal, quanto mais calmo, atento e responsável é o condutor, menor a probabilidade de que ele se envolva em acidentes. Inclusive, essa é uma das razões que fazem deste conteúdo um material de utilidade pública — pois todos querem ter o direito de viajar em segurança.
Na próxima edição, você poderá ler orientações e entender como implementá-las na sua condução. Assim, garante que — no que depender de você — as estradas do verão e de qualquer outra estação do ano estarão ainda mais seguras.

Fonte: Nakata

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome