Piratini: Diretoria trabalha para reativar a Associação Comunitária do bairro Cancelão

Diretoria promete muito trabalho para reativar o prédio (Foto: Divulgação)

A diretoria da Associação de Desenvolvimento Comunitário do Cancelão, bairro que fica distante dez quilômetros da sede, deu início a novos movimentos para reativar a entidade que está inativa há três anos, período em que sofre com constantes depredações do patrimônio que inclusive já abrigou o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na gestão municipal anterior a atual em Piratini.

Para sair da atual situação considerada crítica, a presidente Sibele Gomes Rosa disse que a diretoria se reuniu com representantes da administração que asseguram um amparo para reestruturar o prédio.

“O prefeito Márcio Porto prometeu nos ajudar para sairmos da atual situação. Há a necessidade de reparos nas vidraças, aberturas, louças dos sanitários e telhado, grande parte disso destruído pelo vandalismo, o que tem sido constante desde a época em que estávamos em pleno funcionamento. Agora, também com a ajuda da prefeitura, pretendemos realizar novamente os consertos para voltarmos a funcionar”, explica Sibele.

Um dos desafios é executar o projeto já pronto do Plano de Prevenção de Combate a Incêndio (PPCI), e para isso também será necessário levantar fundos que momentaneamente poderão vir de uma rifa que está sendo vendida pela diretoria da associação, e também de parte da renda a ser obtida com um brechó na Escola de Educação Infantil Gente Miúda, evento que será promovido dia 7 de agosto, ações que renovam as esperanças dos envolvidos em ver novamente o bairro contando com os serviços da entidade.

“Somente paramos de atuar devido a termos cansado diante de tanto vandalismo e falta de dinheiro. Faziamos consertos em uma ponta, e já no dia seguinte em outra havia destruição. Isso era frequente e nos desestimulou, mas agora, com a ajuda prometida pela prefeitura, vamos tentar novamente dar funcionalidade ao prédio”, assegura.

 O vice-prefeito Cláudio Dias (MDB), assegurou que o município será parceiro nessa empreitada. Ele destacou o papel importante da associação na comunidade a qual está inserida, portanto a prefeitura vai estar junta na reconstrução da mesma.

“Seremos parceiros, pois entendemos que precisamos estar junto deles no trabalho que desenvolvem no bairro através desse prédio que está situado em um ponto estratégico do Cancelão. Vamos ajudar”, garantiu.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome