Pelotas realiza mutirão de combate à dengue no Arco-íris

Iniciativa incluiu vistoria nas residências e orientação sobre métodos preventivos contra a doença. (Foto: Michel Corvello)

A Prefeitura de Pelotas promoveu, durante esta quinta-feira (30), mutirão educativo de combate à dengue, no Arco-íris. O trabalho dos agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) envolveu vistoria nas residências e orientação acerca dos cuidados necessários, além da entrega de panfletos informativos.
Durante o ano, o número de notificações de casos suspeitos chegou a 205 e, desses, 185 são de residentes em Pelotas. Ao todo, foram 33 confirmados, 18 do município. Atualmente, 11 casos estão sendo investigados. Os meses de maio, junho e abril foram os que tiveram mais registros da doença, com 85, 36 e 18 ocorrências respectivamente.

Em relação aos focos do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti, 705 pontos foram computados, com 427 focos em residências. Os bairros de maior incidência foram Areal, Fragata, Centro e Três Vendas.

Conforme a agente de combate às endemias, Ilde Weber, o aumento de casos no Arco-íris foi uma das razões para a realização do mutirão. “Nós lançamos essa campanha que é uma espécie de bota-fora. Estamos visitando as residências e disponibilizando o contato para a retirada de materiais que acumulam água. Eliminando os depósitos de água, eliminamos os focos”, diz.

Adesão da população

Rodrigo Dufau, morador do Arco-íris há cinco anos, relata que a orientação fornecida pelos agentes auxilia na diminuição do número de casos e focos do transmissor, assim como o novo serviço de recolhimento de materiais inservíveis. “Às vezes, vemos o acúmulo de resíduos e acionamos o serviço de retirada de materiais, que tem ajudado bastante”, relata.

A cabeleireira Valéria Ribeiro mora na região há 21 anos e, apesar de nunca ter tido dengue, coloca em prática todos os cuidados recomendados e considera que ações desse gênero ajudam os moradores. “Esse tipo de orientação auxilia a população nos hábitos de prevenção contra o mosquito”, afirma.

Cuidados de prevenção no combate ao Aedes aegypti

– Manter caixas d’água tampadas ou vedadas

– Guardar garrafas e vasilhas com a abertura virada para baixo

– Não acumular pneus ao ar livre e descartá-los em locais indicados

– Manter os pratinhos de vasos de plantas com areia ou secos

– Eliminar recipientes que sirvam para acumular água

– Usar água sanitária em ralos, pelo menos uma vez por semana

– Manter pátios limpos

– Limpar assiduamente as vasilhas de comida e de água dos animais

Em caso de denúncia, a população pode entrar em contato com a Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pelo telefone (53) 99115-6284.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome