PRF apreende 100 mil dólares sem procedência em Pelotas

Foto: Divulgação/PRF

Na final da tarde desta terça-feira (17), na BR-116 em Pelotas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 100 mil dólares sem comprovação de origem que eram transportados em um carro.

Durante uma ação com a participação do serviço de inteligência da PRF, os policiais abordaram um Focus com placas de Ivoti. O motorista, um homem de 51 anos, disse que vinha da fronteira com o Uruguai. Ele viajava com a filha de 14 anos.

Durante a revista na bolsa da adolescente, os policiais encontraram 100 mil dólares dentro de meias. O pai dela assumiu a propriedade do dinheiro, mas não conseguiu comprovar nem explicar a origem.

O homem, sem antecedentes policiais, foi encaminhado à polícia judiciária federal e será investigado por crime financeiro. Os dólares foram apreendidos e ficarão à disposição da justiça.

1 comentário

  1. Não, entendi. Alguém que saiba, me informe por favor. A pessoa não pode ter dinheiro consigo que, se não tiver registros com a comprovação da venda de bens ou serviços, notas da prestação de algum serviço ou contra-cheques suficientes, ainda que de tempos remotos, para comprovar a origem, tem de responder, judicialmente, como se estivesse cometendo (está?!) um crime e ainda perde todo o dinheiro, mesmo que fruto de trabalhos, sacrifícios e economias de uma vida inteira? Não se pode guardar dinheiro por si mesmo, se é obrigado a dar dinheiro para os bancos, pata que eles o fação por ti?!

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome