Pelotas: Vigilância autua três estabelecimentos por venda de carne irregular

(Foto: Reprodução/Internet)

Na última sexta-feira (26), a prefeitura, através do setor de Vigilância Sanitária (Visa) da Secretaria de Saúde (SMS), realizou operação de fiscalização em estabelecimentos comerciais da cidade. Três foram autuados pela Visa, que também apreendeu e providenciou o descarte de aproximadamente 110 quilos de carnes variadas, após identificar irregularidades na procedência e no armazenamento.

Dois termos de notificação foram expedidos e um dos comércios foi interditado pelo Corpo de Bombeiros que, junto à Brigada Militar e aos agentes de Trânsito da Secretaria de Transporte e Trânsito (STT), integrou a operação.

Evite produtos irregulares

Conforme a Vigilância Sanitária, a ingestão de produtos obtidos a partir do abate clandestino, sem a devida inspeção veterinária oficial, pode causar intoxicações alimentares e ser veículo de zoonoses, ou seja, doenças transmitidas pelos animais aos seres humanos. Entre estas estão a teníase, a cisticercose, a tuberculose, a brucelose e a toxoplasmose, todas patologias graves e que podem levar à morte. Sendo assim, a principal dica é prestar atenção na procedência do alimento.

Se o consumidor identificar um produto sem o devido selo de inspeção, a denúncia deve ser feita à Vigilância Sanitária de Pelotas pelo telefone (53) 3284-7733. No procedimento de investigação pelos órgãos de controle sanitário, o assunto poderá ser remetido à polícia, tendo em vista que grandes montantes de carne clandestina tendem a ser provenientes do roubo de cargas no País ou do abigeato praticado na zona rural.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome