Pelotas: Sanep integra atividade de educação ambiental em escola

Palestrantes explicaram aos alunos o impacto que cada ação individual pode gerar em diversos segmentos do saneamento simultaneamente. (Foto: Matheus Cabistany)

Sustentabilidade se constrói por meio de gerações mais novas, conscientes sobre o papel de cada um como cidadão na busca por um futuro melhor. Com essa premissa, o Núcleo de Educação Ambiental em Saneamento (Neas), do Sanep, participou, na manhã desta sexta-feira (30), de atividade pertencente ao Projeto Patrulheiro Ambiental Mirim, iniciativa do Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM), com os estudantes do 6º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora das Graças.

Durante pouco mais de uma hora, os palestrantes explicaram aos alunos o impacto que cada ação individual pode gerar em diversos segmentos do saneamento simultaneamente. O coordenador do Neas, Antônio Gularte, utilizou o exemplo das embalagens de alimentos consumidos durante o evento para elucidar o assunto aos jovens.“Se vocês tivessem depositado no chão ao invés de colocar corretamente na lixeira, esses resíduos seriam levados até os bueiros e bocas de lobo em dias de chuva. Além disso, poderiam contaminar as águas e as redes de esgoto”, pontuou Gularte.

Os futuros patrulheiros ambientais e multiplicadores do conhecimento também foram apresentados ao Óleo Sustentável, projeto do Sanep responsável por transformar o óleo de cozinha usado em sabão e detergente. Eles foram incentivados a participar e receberam de brinde uma sacola retornável personalizada com o mascote da iniciativa e um kit com lixeira para carro contendo material informativo e educativo.

Educação ambiental transformadora

O Neas desenvolve regularmente atividades em ambientes escolares, com o objetivo de despertar desde cedo a consciência ambiental nos pelotenses. “A educação ambiental vai mudar o mundo para melhor. As crianças de hoje irão ajudar a mudar a história, multiplicando o conhecimento e formando gerações cada vez mais engajadas na preservação do meio ambiente”, projetou o coordenador do Núcleo.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome