Profissionais de Saúde recebem treinamento para atuar contra Monkeypox em Pedras Altas

Método utilizado no treinamento segue o modelo padrão das equipes de Saúde de Pelotas. (Foto Divulgação)

Os profissionais da Equipe de Saúde da Família (ESF) e da Policlínica de Pedras Altas receberam treinamento para o enfrentamento da Monkeypox. A capacitação foi ministrada pela Diretora da Vigilância Epidemiológica de Pelotas, enfermeira Aline Machado da Silva. O método utilizado no treinamento segue o modelo padrão das equipes de Saúde de Pelotas.

Na oportunidade, também foi discutido o plano de Contingência da Monkeypox em Pedras Altas, sob orientação das Técnicas da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde da Vigilância Epidemiológica, Dóris Gómez Schuch e Marcinia Moreno Bueno. Durante a roda de conversa, o grupo recebeu informações sobre a doença e questionou os principais pontos que devem ser observados, bem como, a necessidade da equipe estar apta para prestar atendimento.

O plano de Contingência Municipal contra a Monkeypox é o documento que caracteriza a doença, define o que são os casos, os procedimentos a serem adotados para casos suspeitos e confirmados, as medidas de precaução e várias orientações para enfrentamento desse novo vírus.

O Secretário de Saúde, Celso Caetano, agradeceu o apoio da secretária de Saúde de Pelotas, Roberta Paganini, e da Coordenadora Regional de Saúde, Cintia Daniela Pereira, e ressaltou a importância dessa capacitação aos profissionais da enfermagem de Pedras Altas.

A Monkeypox ou varíola dos macacos, como é popularmente conhecida, é uma doença viral, e a transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas.

Os sinais e sintomas da doença duram de 2 a 4 semanas. Na pele, surgem lesões de consistência mais dura, visíveis e elevadas; a febre tem início súbito e há presença de inchaço dos gânglios, popularmente identificado como ínguas, sendo essa uma característica clínica importante para distinguir a Monkeypox de outras doenças.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome