Jaguarão sedia distribuição da Chama Crioula na 21ª Região Tradicionalista e conta com programação para o dia 20

Jaguarão foi escolhido para realizar a geração e distribuição da Chama Crioula e recebeu representantes de outros municípios. (Foto: Divulgação)

O município de Jaguarão foi palco para a realização das atividades do símbolo mais importante para o Rio Grande do Sul, a geração e distribuição da Centelha da Chama Crioula para todos integrantes da 21ª Região Tradicionalista (RT). A escolha de Jaguarão ocorreu no ano em que são comemorados 200 anos de Anita Garibaldi, personagem marcante na história do Estado. Por isso, os Festejos Farroupilhas destacam a valorização da mulher gaúcha.

Na abertura do ato, nas margens do rio Jaguarão, o prefeito municipal Favio Telis (MDB), o coordenador da 21ª RT, Milton Sérgio Ribeiro Vaghetti e a idealizadora do evento, Silvânia Affonso, manifestaram-se fazendo referência ao evento e dando boas vindas para as delegações de Jaguarão e de outros municípios que integraram a solenidade, que simbolizou o início das atividades de comemorações na Semana Farroupilha.

O ato aconteceu em dois momentos. No primeiro, houve a geração, que teve seu início dentro da Igreja Matriz Divino Espírito Santo, quando foi apanhada uma centelha de uma vela que se encontra no altar. A tradicionalista Hétie Faria foi a encarregada de conduzi-la, a cavalo, descendo pela avenida 27 de Janeiro até o Cais, onde aconteceu, nas margens do Rio Jaguarão, uma apresentação simbolizando o tema instituído pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) para o ano de 2021: o Bicentenário de Anita Garibaldi, que contou com a presença de mulheres guerreiras das mais variadas profissões.

No segundo momento, houve a distribuição da centelha, que teve como palco o Parque do Sindicato Rural de Jaguarão. Na ocasião, a centelha foi distribuída para as comitivas dos municípios de Arroio Grande, Canguçu, Herval, Pedras Altas, Pedro Osório, Pinheiro Machado, Piratini e de Jaguarão.

Durante o ato, houve uma homenagem póstuma ao ex-coordenador da 21ª RT, Clementino Carlos Goulart da Fonseca, falecido em junho deste ano. Em sua trajetória, recebeu inúmeros reconhecimentos e comendas, tornando-se um ícone tradicionalista.

Foi fundador e comandante do piquete “O Vanguardeiro”, o qual tem o objetivo de demarcar os principais pontos históricos do RS, sempre a pata de cavalo, homenageando os feitos da epopeia rio-grandense e deixando uma placa de bronze, como forma de imortalizar o solo sagrado do Rio Grande. Foram 27 anos comandando o piquete e tendo ainda sob sua responsabilidade a patronagem do CTG Sinuelo (1983/1984) e a coordenação da 21ª RT (1984/1985).

Para o dia 20 de setembro, marco histórico da Revolução Farroupilha, o município está com uma vasta programação.

7h30 – Concentração dos cavalarianos no CTG Rincão da Fronteira
8h – Hasteamento das bandeiras no Largo das Bandeiras Dr. Rubens Marques
8h30 – Visita ao busto de Dr. Hermes Pintos Afonso
9h30 – Visita ao tumulo do Sr. Bernardino de Armas, no cemitério municipal
14h – Rincão do Verso/Etapa Final (live)
18h – Arriamento dos pavilhões pelas autoridades municipais, no Largo das Bandeiras Dr. Rubens Marques
19h – Missa na Igreja Matriz do Divino Espírito Santo

Com informações da Assessoria de Imprensa

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome