Jaguarão recebe a exposição Fio da Meada

Na ocasião, foram ministradas oficinas de artesanato com lã natural. (Foto: Juliana Lima/JTR)

Um marco histórico da cultura do artesanato em lã crua de Jaguarão ganhou destaque nos dias 7 e 8 de outubro com a exposição “Fio da Meada: Patrimônio Cultural no Território da Lã do RS”.

O projeto, que aconteceu no Teatro Esperança, viabilizado pelo edital FAC Movimento 2019 e que tem apoio institucional do RS Criativo e do Museu Antropológico do Rio Grande do Sul (Mars), Emater/RS-Ascar e Prefeitura, contou com exposições e oficinas feitas a partir de histórias e memórias de quatro artesãs.

Presente na abertura, a secretária de Cultura do Estado, Beatriz Araújo, enalteceu a alegria pela valorização de todas as artesãs, em especial as de Jaguarão, município que já possui uma cultura destacada com o manejo da lã ovina.

“Me sinto gratificada de viajar por vários municípios e ter a certeza de que a presença do Governo do Estado se faz naquele canto do Rio Grande do Sul. Nós conseguimos atender a todas as regiões, a todos os saberes e fazeres. Estamos conseguindo chegar nessas pessoas que guardam a memória e a multiplicam, como é o trabalho que vemos hoje.”, exaltou Beatriz.

Artesãs ministram oficinas de artesanato com lã
Durante os dois dias, Jaguarão recebeu três oficinas de artesanato com lã natural, ministradas por premiadas artesãs locais: Vera Regina Ferreira, Eva Dutra e Elci Ferreira Caldas. Elas ensinaram a fiação em roca e fuso. Nilza Oliveira, Ziza Barcellos, Maria Isabel Oliveira e Debora Lima ministraram Crochê Jaquard, enquanto Marisa Silveira, Marília Ribeiro e Joana Oliveira ofereceram Feltragem molhada para iniciantes.

“Buscamos visibilizar, preservar e salvaguardar os saberes e fazeres da lã de ovelha como fonte de conhecimento tradicional e de referência cultural do patrimônio imaterial do Rio Grande do Sul, além de valorizar o trabalho dessas artesãs”, explica a museóloga e gestora cultural da Pangea Cultural, Letícia de Cássia.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome