Curta-metragem realiza gravações na fronteira

Curta integra o projeto [email protected], que busca destacar as singularidades locais (Foto: Juliane Brum)

*Com informações da Assessoria de Imprensa

Mais uma vez, Jaguarão e Rio Branco serão protagonistas de um curta-metragem, chamado “Casa de Rio”.

Com duração em média de 15 a 20 minutos e sob direção de Luiz Alberto Cassol, o curta retratará a trajetória de diferentes gerações de uma mesma família e suas relações com sua casa às margens do rio Jaguarão, próxima à Ponte Internacional Barão de Mauá, além de contar com entrevistas e evidenciar as mais diversas manifestações artísticas da região, sua população e sua diversidade cultural. Cassol também assina o roteiro do curta junto à Maria Fernanda Passos, além de receberem colaborações de Jorge Passos no roteiro.

“Casa de Rio” faz parte do projeto [email protected], que tem por objetivo destacar as singularidades culturais de cinco localidades de integração cultural entre Brasil e Uruguai. Além do curta na fronteira Jaguarão/Rio Branco com direção de Cassol, haverá outros quatro curtas dirigidos por Felipe Luz Yurgel, em Santa Vitória do Palmar/Chuí; Adriana Gonçalves Ferreira, em Bagé; Fabiane Urquhart Duarte, em Santana do Livramento/Rivera; e Alexandre Mattos Meireles, em Pelotas.

O projeto é realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, no edital da Secretaria Estadual de Cultura, para produções culturais e artísticas, oriunda do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura.

As atividades podem ser acompanhadas pelas redes sociais do projeto:

YouTube: abre.ai/cbrE
Facebook: www.facebook.com/filmefronterizos
Instagram: @fronterizos_filme

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome