Capão do Leão: Sindicato Rural recebe homenagem e projeta as ações de 2022

Homenagens foram concedidas para personalidades de diferentes segmentos do agronegócio. (Foto: Augusto Santos)

A importância do Sindicato Rural de Capão do Leão (SRCL) no fortalecimento político-institucional e na realização de ações em parcerias com entidades para o crescimento agropecuário regional foi reconhecida pela Estação Experimental Terras Baixas (ETB) da Embrapa Clima Temperado, localizada no município. A homenagem marcou os 78 anos da ETB, completados em dezembro de 2020, e contemplou 30 personalidades de diferentes segmentos do agronegócio.

Segundo o presidente do SRCL, Clóvis Victória, o resultado desta homenagem pela ETB, nos seus 78 anos, foi devido às parcerias que, por décadas, o Sindicato Rural mantém com a Embrapa desde a sua criação. “Antes de se transformar em Embrapa chamava-se Instituto de Pesquisas e Experimentação Agropecuárias do Sul (Ipeas), do Ministério da Agricultura. Essa conquista trouxe para a região muita tecnologia e pesquisas, ajudando o trabalhar rural com reflexos positivos no aumento da produtividade ao homem do campo”, disse Victória.

A homenagem ao SRCL ocorreu no dia 9 de dezembro em conjunto com os também homenageados, prefeito de Capão do Leão, Vilmar Motta Schmitt (PP); presidente da Associação Rural de Pelotas, Rodrigo Gonzalez; diretor da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Dirceu Agostinetto e o comandante do 9º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro, coronel João Paulo Azambuja Junior.

Perspectivas para 2022
De acordo com Victória, as parcerias para esse ano com o Senar/RS, Emater/RS-Ascar, Prefeitura Municipal de Capão do Leão, entre outras entidades, permanecem durante o decorrer do ano. Para o próximo mês está previsto o início dos cursos de apicultura (manejo avançado, aplicação correta e segura de defensivos agrícolas), artesanato (material reciclável), autoconhecimento e relacionamento interpessoal, bolachas e salgados caseiros, doma racional, fabricação de queijos, ferrageamento de equídeos, panificação caseira, processamento de frutas, processamento de hortaliças, programa mulheres em campo, retroescavadeira (manutenção e operação) secagem e armazenamento de grãos, tratores agrícolas (manutenção e operação).

Novo Grupo de Assistência Técnica e Gerencial de Ovinos (ATEG)

A partir de fevereiro, todos os produtores inscritos no novo grupo de Assistência Técnica e Gerencial (ATEG), em torno de 30 produtores, passarão a ter o direito a uma consulta mensal com médico veterinário, em virtude da parceria entre SRCL e Senar/RS.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome