Suspeito de desvio de dinheiro, gestor do Hospital de Caridade de Canguçu é afastado

(Foto: Felipe Madeira/JTR)

Na noite desta quinta-feira (25), a Prefeitura Municipal de Canguçu, interventora no Hospital de Caridade de Canguçu (HCC) desde dezembro do último ano, emitiu uma nota informando que o Atual Gestor da casa de saúde, Gabriel Andina, foi afastado da casa.

Segundo a nota, a Prefeitura encaminhou denúncia ao Ministério Público,
após ser feito um balanço financeiro da casa de saúde no qual apontou diferenças nas contas e solicitou a averiguação das contas do Hospital. A secretária de saúde Míriam Neutzling foi nomeada em seu lugar, para responder pela instituição.

Leia o comunicado publicado no site da Prefeitura Municipal:

COMUNICADO

Por meio deste, informamos a toda comunidade de Canguçu que a Prefeitura Municipal encaminhou denúncia ao Ministério Público, solicitando averiguação das contas do Hospital de Caridade de nossa cidade.

Após apresentação dos balaços financeiros da casa de saúde ao Executivo, nos quais foram identificadas diferenças nas contas, o gestor foi afastado por meio de decreto assinado nesta quinta-feira, sendo a secretária municipal da Saúde nomeada para assumir tal função.

Uma comissão foi nomeada para auditoria, buscando todas as informações necessárias para tomada de decisão.

As instituições bancárias também foram oficiadas, às quais foi solicitado o bloqueio das contas da instituição até apuração de todos os fatos.

Todos os procedimentos jurídicos estão sendo tomados neste momento, para que a comunidade possa ter a tranquilidade quanto à utilização do serviço e gestão financeira do hospital.

Por fim, comunica-se que os serviços do hospital seguem funcionando normalmente.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome