Projeto Praia Sustentável no Município de Turuçu é um dos eleitos pela Consulta Popular 2021

A Consulta Popular foi instituída pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul em 1988 e tem como objetivo permitir que os votantes definam para onde vai parte dos investimentos do orçamento estadual.  (Foto: Daniel Batista/JTR)

O resultado da Consulta Popular, realizada pelo governo do Estado, foi divulgado nesta quinta-feira (23). O projeto Praia Sustentável no Município de Turuçu foi eleito com 2.084 votos. Outros dois projetos da Região foram contemplados: Correção do Solo, com 2.877 votos e Cidades Inteligentes – pontos públicos de internet, com 572 votos. Em todo o estado foram mais de 112 mil.

“É de muita importância o recurso destinado para elaboração do projeto que, inclusive, se tratando do valor, provavelmente ainda será necessário a demanda de contrato/licitação/dispensa” explica o prefeito Ivan Scherdien (PP), em nota divulgada pela Assessoria. Durante o processo, a prefeitura de Turuçu trabalhou na conscientização e auxiliou dos cidadãos com instruções de como votar.

“É a estruturação de uma praia altamente moderna, sustentável, com preservação total da mata nativa, suas águas, solo, ar e biodiversidade. Um espaço de convivência em harmonia com a natureza, em que todas as instalações serão feitas de forma sustentável como, por exemplo, fazendo o uso de energias alternativas e sistema de esgoto via biodigestores, sem agressão ao meio ambiente”, explicou Scherdien ao Jornal Tradição Regional, em novembro.

Segundo o presidente do Corede Sul, Ronaldo Maciel, neste ano o número de eleitores foi bastante expressivo e o próximo passo é o envio do Plano de Trabalho de cada Município à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado até o dia 7 de fevereiro do próximo ano. “Os municípios que não conseguiram enviar até esse prazo não vão conseguir receber o recurso em 2022”, afirma. Caso envie o Plano, Turuçu receberá  R$ 400 mil para a idealização do projeto. As outras duas propostas receberão o mesmo valor cada uma, que será dividido entre os oito municípios com mais votos na demanda, desde que tenham atingido a participação de 2% dos eleitores. No total, o Corede Sul foi contemplado com R$ 1,2 milhão.

Para a Consulta, as propostas foram selecionadas com base em critérios como viabilidade de execução, orçamento e competência. Em 2022, R$ 30 milhões de reais foram disponibilizados para as 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), os principais critérios para distribuição da verba são a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese). A Consulta Popular recebeu mais de mil ideias enviadas por cidadãos, entre as áreas com maior número de sugestões enviadas estão Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural; Turismo; Obras; e Meio Ambiente e Infraestrutura.

Com informações do Governo do Estado do Rio Grande do Sul 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome