Centro de Escritores Lourencianos recebe textos sobre as cheias em São Lourenço do Sul

Textos devem abordar aspectos históricos, técnicos, de empatia, superação, sendo um registro da historicidade do povo lourenciano. (Foto: Divulgação)

O Centro de Escritores Lourencianos (CEL) irá receber até o dia 15 de julho de 2024, textos que irão compor a obra literária “O Dia sem fim – Resgate histórico das cheias em São Lourenço do Sul”, com o objetivo de selecionar e publicar textos que remetam aos acontecimentos de cheias da Lagoa dos Patos, Arroio São Lourenço, Carahá e a enxurrada histórica que afetaram São Lourenço do Sul.

O projeto inicial previa apenas textos sobre a enxurrada que atingiu o município em 2011, mas considerando os acontecimentos do mês de maio deste ano, a comissão organizadora resolveu ampliar para que fenômenos climáticos de outros anos e décadas pudessem compor a obra literária.

Podem participar pessoas com diferentes idades, desde que tenham algo para contar. Os textos devem abordar aspectos históricos, técnicos, de empatia, superação, sendo um registro da historicidade do povo lourenciano. Não se trata de um concurso, mas sim de uma seleção de textos.

Os textos devem ser escritos no idioma português, em prosa ou verso, com até 2 páginas, e apresentados em arquivo Word digitado, fonte Arial 12, enviados para o e-mail [email protected] ou entregar pessoalmente na sede do CEL (Rua Gal. Osório, 1391 – Centro), às quartas-feiras, das 14h às 16h.

O Centro de Escritores Lourencianos, fundado em 21 de outubro de 1996, tem por finalidade incentivar o hábito de leitura e aperfeiçoar a escrita literária de seus participantes. Durante estes 27 anos, o CEL sempre esteve engajado em projetos voltados aos alunos de escolas públicas de São Lourenço do Sul, quer seja oferecendo oficinas de escrita criativa ou incluindo textos de alunos em suas publicações.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome