Rio Grande: SMS estuda proposta da UFPel para a Gestão Plena da Saúde

A Prefeitura do Rio Grande. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal do Rio Grande)

A Secretaria da Saúde do Rio Grande deve definir nas próximas semanas sobre a proposta apresentada pelo Centro de Ciências Sócio-Organizacionais (CCSO) da Universidade Federal de Pelota (UFPel) para implantação do projeto que prevê a adesão do município à Gestão Plena da Saúde. A proposta é que a Secretaria da Saúde passe a ser o gestor dos repasses federais, que cairiam direto no Fundo Municipal da Saúde.

Conforme estava previsto há um mês, a segunda reunião entre a Secretaria e o CCSO para tratar do assunto ocorreu na segunda-feira (6) pela manhã, na Sala de Reuniões da Prefeitura, com a presença do prefeito Fábio Branco (MDB) e da titular da pasta da Saúde no município, Zelionara Branco, além das gestoras da Secretaria.

O projeto foi apresentado por pesquisadores do CCSO da UFPel, que tem na coordenação a professora Isabel Rasia. Entre os principais objetivos da proposta do CCSO está o de auxiliar o município na habilitação para a Gestão Plena do Sistema Municipal de Saúde já em 2024.

Além disso, prevê revisar a estrutura organizacional necessária para a Gestão Plena nessa área no município, melhorar os indicadores do Programa Previne Brasil (pré-natal, exames de sífilis e HIV, saúde bucal e citopatológico, cobertura vacinal – polio e penta -, hipertensão e diabetes) e ajudar na contratualização/negociação junto aos prestadores hospitalares e Conselhos.

No que se refere à avaliação diagnóstica, a equipe do CCSO propõe verificar se hoje o município dispõe de todos os elementos para ser habilitado à Gestão Plena e identificará os gargalos e necessidades de implementação.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome