Prefeitura e empreendedores das periferias do Rio Grande se mobilizam para a Expo Favela RS

Na reunião foi discutida a participação do município na primeira edição da Expo Favela no estado. (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal do Rio Grande)

Integrantes da Central Única das Favelas (CUFA) no Rio Grande do Sul estiveram reunidos na sede da Prefeitura Municipal, na tarde de sábado (5), com empreendedores de vários bairros da periferia da cidade e autoridades do Executivo, entre as quais, o prefeito Fábio Branco (MDB) e a titular da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento e Turismo (SMIDT), Luciane Compiani Branco. No encontro, foi discutida a participação do município na primeira edição da Expo Favela no Estado, maior feira de empreendedorismo da América Latina, que ocorrerá na capital gaúcha, nos dias 1º e 2 de setembro.

A Expo Favela envolve, diretamente, os 23 municípios que compõem o programa do governo estadual, RS Seguro – Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública -, entre os quais Rio Grande, mais Montenegro e Frederico Westphalen. Para participar do evento, as inscrições estarão abertas até o dia 15 deste mês e somente pelo site https://expofavela.com.br/.

A Expo Favela é uma feira de negócios cujo objetivo é dar visibilidade para iniciativas da favela e da periferia, além de promover um encontro com investidores que possam acelerar seus empreendimentos. Palestras, workshops, exposições, rodadas de negócios, apresentação de startups, debates, cursos, shows e filmes estão previstos para ocorrer no evento.

A secretária da SMDIT comentou que “é uma excelente oportunidade a quem empreende e vive em Rio Grande para poder se cadastrar, mostrar seu produto e o que desenvolve”. Ela lembrou que para se inscrever não há necessidade de estar com o empreendimento formalizado. “Quem ainda está informal e realiza um trabalho em sua comunidade poderá fazer a inscrição.”

Vagas

No total, são 80 vagas para empreendedores do estado inteiro. A Expo Favela vai ser sediada no Centro de Convenções da PUC, em Porto Alegre. Vinicius Duarte, um dos representantes da CUFA/RS, disse que é uma oportunidade para essas pessoas apresentarem seus trabalhos. Ele tem a expectativa de que um grande número de empreendedores rio-grandinos faça a inscrição e participe da Expo Favela RS, além de servirem de multiplicadores dessa ação em suas comunidades.

Presente à reunião, o representante do Projeto Vasquinho, do Bairro Getúlio Vargas, Mano Jorge disse que “é sempre importante termos a oportunidade de conhecer algo novo, principalmente, quando uma porta se abre para empreendedores das comunidades carentes”. Jorge pretende fazer a inscrição do Projeto Vasquinho e, mesmo se não for selecionado a expor, “vamos à Expo Favela para conhecer e trazer novos conhecimentos”, disse o empreendedor.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome