Estudante da FURG é um dos homenageados do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog

Foto: Divulgação
O estudante de Oceanografia da Furg e fotógrafo Alex Silveira irá receber o Troféu Vladimir Herzog Especial na categoria ‘Carreira’ na 43º edição do prêmio. A cerimônia de premiação acontece no dia 25 de outubro, de forma virtual.
 

O fotógrafo perdeu 90% da visão após ser atingido por tiro de bala de borracha no olho esquerdo pela Polícia Militar durante a cobertura de uma manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, no dia 18 de maio de 2000.Alex enfrentou processos após o ocorrido para que algo fosse feito em decorrência da situação. Em junho de 2021, por dez votos a um, o Supremo Tribunal de Justiça (STF) responsabilizou o Estado pela grave lesão sofrida pelo fotógrafo. “Foram 21 anos lutando pelo óbvio, fui alvejado e cegado, mas fui massacrado pela justiça, por uma decisão que contradizia até as leis da física, onde bastava ler o manual da arma para saber que eu não era culpado”, afirma.

Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog

Desde 2009 as instituições promotoras do prêmio retomaram a proposta original do evento de homenagear, a cada edição, personalidades e profissionais com atuação destacada nas causas relevantes da Democracia, da Justiça Social e dos Direitos Humanos.

Para Alex, receber esta homenagem possui grande significado. O discente compreende a dimensão que seu trabalho teve para obter tal reconhecimento, já que demonstra que esta é uma conquista de toda classe profissional que se une para garantir e reivindicar o cumprimento do trabalho e direito ao reportar fatos. “A decisão tem de ser comemorada, pois estar no local dos fatos é um pressuposto informar. Não se faz notícia sem apuração, sem isenção, sem escutar os lados, sem ter um responsável pela notícia, e, principalmente, sem verdade. O direito de informar, e ser informado é um objetivo da democracia”, destaca.

Texto: Milene Lages

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome