Assembleia aprova projeto que autoriza integração entre Brigada Militar e Guardas Municipais

O texto aprovado cria um marco legal para integrar sistemas de comunicação e inteligência entre as duas polícias. Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa aprovou na quarta-feira (22) o projeto de lei, de autoria do deputado Tiago Simon (MDB), que permite que a Brigada Militar atue na preparação das Guardas Municipais para o policiamento ostensivo nas ruas.

O texto aprovado cria um marco legal para integrar sistemas de comunicação e inteligência entre as duas polícias, a partir de convênios firmados entre Estado e Municípios.

“Nosso objetivo é somar esforços para avançar no combate à criminalidade. Esta é uma demanda da sociedade que quer que a Guarda Municipal também aja no policiamento das ruas, trocando informações e se somando ao trabalho da Brigada Militar”, explicou o deputado Tiago Simon.

O projeto autoriza a criação de um órgão específico na Brigada Militar para o fazer o treinamento, a fim de preservar o caráter civil das Guardas Municipais.

“É inconcebível, no atual momento, onde a otimização de recursos e a eficiência dos serviços públicos são uma necessidade, que duas instituições tão relevantes para a comunidade e com atuação tão similares não estejam mais integradas em todos os seus aspectos para trazer mais segurança à população”, acrescentou o parlamentar.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome