Curso de Inteligência Artificial integra faculdade brasileira

(Foto: Divulgação)

A Inteligência Artificial (IA) já foi apresentada por várias vezes como o passo para o futuro. Ainda assim, até recentemente, o Brasil continha apenas essa variante de estudos como complemento e especialização. Saiba o que motivou a abertura de vagas para uma licenciatura de IA.

A forma como o mundo funciona, na atualidade, não pode excluir o impacto da Inteligência Artificial (IA).

Se, por um lado, nos é ainda difícil dissociar esse conceito das narrativas ficcionais de ciência, o fato é que, com rapidez, a aplicação de novos métodos e conhecimentos gerou sua aplicação e integração no cotidiano, gerando entusiasmo e algumas preocupações.

A grande complexidade desse caminho tecnológico, que mima a inteligência humana é ainda o foco de muita discussão e especialistas internacionais não deixam de ponderar aspetos da economia e da vida social que podem ser afetados pela novas dinâmicas do digital, tanto positiva quanto negativamente.

Com o celular permanentemente na mão, o povo brasileiro será, sem dúvida, um dos afetados pelo que a IA traz de melhor e de pior. Essa tecnologia já está presente de forma intensa em vários websites, sendo que os motores de busca, os GPS’s e os melhores sites de cassino online, como Royal Panda Cassino, não dispensam seus recursos. Além disso, outros instrumentos, como os relógios inteligentes ou até alguns equipamentos de culinária, integram também esse tipo de recurso.

Em meios corporativos, a IA já está definindo métodos de trabalho mais produtivos ou apontando problemas nas dinâmicas humanas e de gestão, que permitem melhorar os lucros.

Essa presença transversal da IA em nosso mundo é uma parte do que motiva a sua integração no currículo superior no Brasil, sendo fundamental o estudo da IA enquanto matéria central e não somente como complemento de outras áreas de estudo.

Saiba onde encontra essa licenciatura em IA e compreenda a importância desse curso.

Licenciatura em IA: porque surgiu no Brasil

A necessidade de estudar a Inteligência Artificial é algo que, no Brasil já havia sido assumido. A grande adesão às novas tecnologias, juntamente com o desejo de melhorar o posicionamento do país no que respeita à investigação motivou, desde logo, o aparecimento de vários Mestrados, Doutoramentos e pós-graduações que visavam justamente orientar os estudantes do ensino superior para esse meio.

Ainda que isso fosse verdade, o estudo da IA era apresentado como complementar a outras áreas de estudo, sendo que apenas em 2020 foi criada uma licenciatura que visa o estudo da IA como disciplina principal.

O aprofundamento dos estudos de IA foi considerado fundamental nos currículos das academias, não só pela enorme importância dessa questão a nível técnico, como pelas mutações sociais, culturais, políticas e econômicas que sua implementação poderá vir a causar.

Onde encontrar a licenciatura em Inteligência Artificial

É na UFG – Universidade Federal de Goiás – que podemos encontrar a primeira licenciatura em IA do Brasil, sendo que a primeira turma abriu com somente 40 vagas e um plano estruturado que envolve inúmeros especialistas, de vários setores.

Nesse curso, existem formadores que integram o mercado da IA, sendo que muitos são líderes do setor no país. Se visa, com isso, garantir uma formação de elevada qualidade para os estudantes e reforçar o lugar do Brasil na vanguarda do conhecimento científico internacional.

Essa licenciatura em Inteligência Artificial irá integrar o estudo de matérias distintas, que incluem a Computação, a Matemática, a Lógica e também a Antropologia e a Sociologia.

Nesse curso serão pensadas questões de ordem prática e novas aplicações para a IA no cenário cotidiano e corporativo, assim como discutidos os riscos associados às interfaces inteligentes.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome