Dicas para aproveitar o Carnaval

Realização do evento, no entanto, depende de condições epidemiológica Realização do evento, no entanto, depende de condições epidemiológica (Foto: Arquivo/Igor Sobral/Prefeitura de Pelotas)

Para curtir ao máximo os próximos dias de Carnaval e aproveitar os blocos e trios elétricos, é importante ter alguns cuidados. Por isso, você confere abaixo dicas para evitar os problemas mais comuns durante esse período.

Aproveite a folia com responsabilidade e sem exageros.

Se alimente e se hidrate bem

Alimentação e hidratação são fundamentais durante todo o ano, porém no Carnaval, quando geralmente os foliões pulam bastante ficam expostos ao calor, sendo importante beber muita água, pelo menos 2 litros. Isso ajuda a evitar ressecamento e queimaduras na pele, insolação, mal-estar, tonturas e ressaca.
Além disso, é indicado consumir alimentos leves, de fácil digestão e nutritivos. Ou seja, manter os cafés da manhã e os almoços reforçados, equilibrando vegetais, frutas, cereais integrais e proteínas, antes de cair na folia.
Durante a festa, dê preferência aos líquidos que reponham vitaminas e minerais no corpo, como sucos naturais, vitaminas, água de coco e bebidas isotônicas.

Use protetor solar

Seja para pular Carnaval ou aproveitar o feriadão em praias, campings e outras opções de lazer curtindo o calor, não esqueça o protetor solar e abuse no uso. Isso vai impedir queimaduras solares, desidratação e insolação, prevenindo também o câncer de pele.
Utilize o filtro não só no rosto, mas também nas partes do corpo que ficarão expostas ao sol. Ainda, aposte em chapéus, bonés e óculos escuro para proteção.

Dê preferência para roupas e sapatos confortáveis

Na hora de montar o look para curtir a folia, escolha roupas leves e frescas, com tecidos de algodão, por exemplo. Evite usar tecidos sintéticos, pois esquentam mais, bem como ficar com roupas molhadas por muito tempo, pois podem provocar micoses. Roupas muito pesadas em ambientes abafados podem provocar queda de pressão.
Também, aposte em sapatos fechados e confortáveis para proteger os pés de ferimentos e os joelhos contra os impactos.

Documentos na mão e pertences protegidos

Saia de casa com um documento de identificação. Para evitar dor de cabeça – caso o pior aconteça e você perca ou seus pertences – leve somente um documento que contenha sua foto. Carregue o essencial em pochetes ou doleiras e evite sair com seus itens em bolsos sem zíper ou bolsas, por exemplo.

No Carnaval e sempre: não se esqueça da camisinha

O clima esquentou? Não abra mão do preservativo, seja na relação vaginal, anal ou oral. Com ele você se protege contra HIV, HPV e outras infecções, como clamídia, gonorreia, tricomoníase e sífilis, além de uma gravidez indesejada.

Saiba falar e ouvir não

Nunca faça algo que a outra pessoa não queira. Isso inclui tocar, beijar, pegar na mão e assim por diante. Mesmo que a pessoa não diga claramente “não”, há sinais que indicam a recusa, como virar a cara, se afastar ou simplesmente não te dar bola. Insistir ou forçar são formas de violência e assédio, assim como puxar os cabelos ou agarrar à força. O melhor caminho é sempre agir com bom senso e respeito.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome