O pelotense fundador da USP

José Henrique Pires licenciado em Estudos Sociais pelo ICH-UFPel, especialista em Políticas Públicas pela Universidade de Salamanca, Espanha, jornalista e radialista. (Foto: Divulgação)

Há no bairro Fragata uma pequena rua, com apenas 93 domicílios.Quase ninguém tem ideia de quem foi o cidadão que empresta seu nome aquele logradouro.
Não foram poucos os que o confundiram com seu parente francês – que teve como advogado Anatole France – figura central de uma das maiores injustiças judiciais da Terceira República Francesa, numa mistura extremamente tóxica de erro judicial acrescido de antissemitismo.

André Dreyfus nasceu em Pelotas, para onde seus pais haviam migrado da Alsácia, mesma região de origem do Capitão Alfred Dreyfus, este o oficial injustiçado, cuja saga mobilizou em seu favor Emile Zola, Sarah Bernhard, Henri Poincaré e tantas e tantas pessoas célebres e desconhecidas mundo afora.

O Dreyfus pelotense morou na cidade onde nasceu até seus 25 anos, quando mudou-se para o Rio de Janeiro para estudar medicina.

Formado, vai trabalhar em São Paulo, onde participou ativamente do grupo que criou a USP, a importante Universidade que este mês está completando 90 anos.
É um dos pais do estudo da genética no Brasil, dá nome a edifício na universidade que ajudou a criar, além de dar nome a inúmeras ruas e avenidas espalhadas por várias cidades brasileiras, como a pequena rua do Fragata, quase escondida atrás de uma fábrica de compotas.


Sobre as eleições 2024
* Janela eleitoral – esse ano abre só para vereadores. Vai de 7 de março até 5 de abril. Seis meses antes da eleição este ano, cujo primeiro turno será no dia 6 de outubro.
* Deputado – caso algum pretenda trocar de legenda em janela partidária, terá que esperar até 2026. Está na Lei 9096/95 e na Resolução TSE 22610/2007.
* Analfabetos – Não podem se candidatar. Podem votar. Há resoluções muito interessantes sobre esse tema no site do TSE, para quem quiser pesquisar.
* Idades – aos 16 anos, é possível fazer título eleitoral e votar. Aos 18, é possível concorrer a vereador.
Aos 21 anos, o eleitor inscrito pode concorrer a Prefeito ou a Vice.
* Filiação – assim como o domicílio eleitoral, a filiação partidária deve ser providenciada mais de seis meses antes da eleição.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome