Folclore

Folclore
No dia 22 de agosto comemora-se o Dia Internacional do Folclore, mas aqui na nossa cidade e região poucas são as comemorações ou publicações, então resolvi escrever esta coluna para que os mais jovens possam conhecer um pouco da nossa cultura e do nosso Folclore.

Folclore é a ciência que estuda todas as manifestações espontâneas do povo gráfico (aquele que já tem uma escrita), tanto do ponto de vista material quanto espiritual. Como o próprio nome sintetiza, é a ciência do povo, são as tradições, os costumes, o conjunto de canções, as manifestações artísticas, enfim, tudo que nasceu do povo e foi transmitido através das gerações. O caráter de etnia do povo pelotense assenta-se na sua formação multicultural e multirracial em que representaram papéis decisivos: o Português, o Italiano e o Alemão, dentre outros.

Contribuições culturais em nossa região
Portugueses
A colonização portuguesa efetivou-se com a fundação do presídio de Rio Grande. Os colonos aportaram no RS oriundos das ilhas dos Açores. As terras da hoje cidade de Pelotas, muito antes de ser dividida em sesmarias, vinham sendo povoadas por ilhéus açorianos e madeirenses, fugitivos da Colônia de Sacramento e da Vila do Rio Grande de São Pedro, então sob o domínio dos invasores espanhóis. Das inúmeras contribuições portuguesas destacam-se:
• Casas de modelo de porta e janela, oratório, candeeiro, bordados;
• Alambique, engenho, cata-vento, carretas, embarcações;
• Xale, tamanco, saias rodadas,
• Bem como os famosos doces, que hoje são uma característica de Pelotas.
Atualmente, esta etnia é representada aqui na região peto Clube Centro Português, que tem como destaque a Festa dos Queijos e Vinhos.

Alemães
Os alemães chegaram ao RS em 1824, trazendo grande número de pessoas que tinham ofício definido: marceneiro, moleiro, ferreiro, etc. Das contribuições desta etnia, destacam-se:
• A lúdica-bandas, sociedade de cantos, jogo do bolão, tiro ao alvo, também se originou o Kerb, Oktober. Em nossa cidade, o principal incentivador e cultivador da tradição desta etnia é a Sociedade Recreativa XV de Julho.

Italianos
Em 1875, a corrente imigratória iniciava seu destino em terras rio-grandenses, vindas de diversas regiões da Itália e falando múltiplos dialetos. É de suma importância a contribuição desta etnia para a cultura do nosso povo.
Muitas são as contribuições, mas destacamos a romaria de N. Sra. do Caravaggio, procissão de Corpus Christi, alimentação com massas, pães, queijos, polenta, galeto, radicci, macarronadas; em nossa cidade o principal divulgador da cultura desta etnia é a Sociedade ltaliana Pelotense.

Outros Grupos Étnicos
Sabemos que a influência Espanhola no nosso RS é muito forte, assim como os Judeus, Árabes, Sírios e Libaneses, mas não poderíamos deixar de expressar nossa gratidão ao povo negro. Destaca-se em nossa cidade o Clube Cultural Fica Ai e vários grupos que se dedicam a pesquisar e divulgar as mais diferentes formas da cultura negra.

CTG Raízes do Sul
O querido CTG Raízes do Sul está completando neste ano 25 anos dedicados a divulgar a nossa cultura e o Tradicionalismo Gaúcho e estará realizando no domingo (18) uma grande festa com almoço em comemoração ao aniversário, também dedicada ao Dia dos Pais. Parabéns à patronagem e a todos os irmãos do Raízes.

Até o nosso próximo encontro, quando continuaremos escrevendo sobre as danças, bem como sobre a Semana Farroupilha, que já está se aproximando.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome