Entidades criticam e vereador desiste da criação de premiação para piquetes de Piratini

Reunião serviu para que parlamentar desistisse do projeto (Foto: Nael Rosa/JTR)

Diante da decisão da comissão organizadora do Desfile de Cavalarianos de que este ano não haverá disputa entre as entidades em Piratini, o vereador Jimmy Carter (MDB) encaminhou na sessão legislativa de 12 de agosto um requerimento para que a Mesa Diretora fosse autora do projeto de lei que criaria o Troféu Epopeia Farroupilha.

Ao tornar público sua intenção em sites de redes sociais, a matéria recebeu um número expressivo de críticas que vieram de patrões de CTGs e piquetes. Com isso, ocorreu na última segunda-feira (19), no prédio do Legislativo, uma reunião para Carter ouvir os envolvidos, tomando a decisão de retroceder a intenção.

“Como não haverá a tradicional disputa anual, eu pretendia enaltecer o trabalho que as entidades têm para montar seus desfiles, criando esse troféu. Isso permitiria que o público pudesse votar nos três que mais lhe agradassem. Porém ouvi dos representantes que não querem qualquer tipo de concorrência, portanto não irei adiante, mas pretendo voltar com a matéria no ano que vem. Faremos com a participação de todos, pois na reunião eles mostraram simpatia ao projeto, mas este veio no momento errado”, disse o vereador.

O patrão do Piquete Rastros de Farrapos, Alci Espinosa, comentou a decisão. “Nosso piquete não aceitaria receber essa premiação que a Câmara intencionava criar. Para nós basta o troféu de participação que será dado pela Prefeitura. Nosso principal objetivo é homenagear os que lutaram pelo Rio Grande do Sul na Revolução de 35 e nada mais. Também queremos mostrar que é possível a união das entidades para que tenhamos um bom desfile sem que haja concorrência. É um teste que também intenciona provar que há união e já estava na hora de mostrar isso”, finalizou Espinosa.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome