Prefeitura de Piratini prepara PPA com mais verbas para a compra de alimentos a serem distribuídos aos carentes

Foto: Divulgação

O secretário de Cidadania e Assistência Social de Piratini, Daniel Morales de Moura, anunciou que a Prefeitura prepara o Plano Pluri Anual (PPA), com mais verbas para aquisição de cestas básicas para os próximos quatro anos.

Segundo Moura, a decisão se deu em virtude do aumento da procura por alimentos por parte das famílias em vulnerabilidade social que buscam cada vez mais a ajuda do órgão municipal.

“Elaboramos o PPA, bem como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para que a partir de 2022 o município compre e distribua 160 cestas por mês, bem acima das 40 previstas pela a administração anterior”, disse o gestor.

Para ele esse aumento significativo é necessário e alicerçado na distribuição atual que chega a 130 cestas básicas por mês, a maioria obtida em parcerias junto ao comércio local.

“Todas as campanhas de arrecadação que fizemos foi um sucesso e tem nos permitido atender a todos que nos procuram. Mas entendemos que este ano foi atípico devido à pandemia e acreditamos que no ano que vem não vamos ganhar tanta quantidade assim, portanto já estamos prevendo agora que o município disponha de mais recursos para seguir contemplando a todos”, explicou.

O secretário acrescentou que também os chamados benefícios eventuais, aqueles em que a prefeitura tem obrigação de atender as pessoas que, por exemplo, passam por sinistros, também serão aumentados, mas no caso da distribuição de comida, admitiu que o auxílio prestado só resolve parte dos problemas.

“O que doamos é para uma situação emergencial e não alimenta uma família durante 30 dias. Gostaríamos que fosse ao contrário, pois as pessoas tem fome e temos que ajudá-las, mas admito que não é o suficiente e sim, um amparo no momento difícil”, finaliza.

 

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome