Piratini: Cemitério da Ponte do Império é atacado e 50 túmulos são vandalizados e furtados

Cerca de 50 dos 400 túmulos do cemitério foram violados. (Foto: Divulgação)

O maior cemitério do interior de Piratini, situado na localidade Ponte do Império, 5º Distrito, teve 50 túmulos vandalizados e furtados este mês. O caso tornou-se público através do vereador Jimmy Carter (MDB), que tem propriedade nas proximidades e usou as redes sociais para denunciar a situação.

Segundo Carter, a certeza de que o cemitério que tem cerca de 400 sepulturas foi atacado este mês é porque no dia 1º de julho houve um sepultamento no local, oportunidade em que estava tudo normal.

Dos túmulos foram levadas peças de porcelana, alumínio e bronze. A destruição chocou as famílias que ali tem seus entes queridos enterrados.

“Acredito que por trás destes ataques está uma quadrilha, pois algo semelhante também ocorreu no Cemitério do Espírito Santo, situado no 2º Distrito, e ainda no Cemitério da Vila Freire, no município vizinho de Cerrito”, disse Carter.

Conforme os vereadores, familiares já levaram o caso ao conhecimento das autoridades para que seja investigado.

“Elas, as famílias, decidiram fazer uma denúncia coletiva, o que eu espero surta mais efeito e leve a polícia a descobrir quem fez isso”, encerrou.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome