Piratini: Escola Meu Lar é uma das vencedoras do Programa Agrinho 2019

Do berçário ao pré-escolar, todas as crianças e professores se envolveram no projeto (Foto: Divulgação)

A Escola de Educação Infantil Meu Lar, de Piratini, é uma das vencedoras do Programa Agrinho 2019, ação do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/RS) idealizada para a formação de uma nova mentalidade nas crianças e nos jovens rurais do ensino público. O projeto “O Futuro Depende de Mim”, idealizado e coordenado pela professora Viviane Souza Ávila, ficou em primeiro lugar, rendendo a ela um televisor 39 polegadas e à escola um aparelho de som portátil.

“O projeto envolveu toda comunidade escolar, partindo do berçário, através das professoras, e também os alunos a partir do maternal e, ainda, as famílias das crianças, portanto estamos todos muito felizes”, diz Viviane.

Ela explicou que o objetivo é fazer as pessoas entenderem, partindo da educação infantil, que as ações de proteção ao meio ambiente, foco escolhido, devem ser sim de todos, mesmo que isso não aconteça na prática. “Como aborda o título do projeto, O Futuro Depende de Mim, assim eu não posso pensar que este ou aquele indivíduo deve ter as atitudes necessárias para proteger o que é nosso, então eu vou fazer a minha parte”, comenta a professora.

Segundo ela, percebe-se que é bem mais complicado levar os adultos a ter consciência ambiental, pois eles carregam consigo um comportamento enraizado, então trabalhar com os alunos ações que também são extensivas aos seus lares acaba por incluir seus pais, o que pode ter impacto direto em suas atitudes e dos responsáveis por eles. A professora acredita que os pequenos compreendem que, por exemplo, o lixo deve ser jogado no lugar certo para ser reciclado e também a importância da água e da alimentação saudável, de plantar uma flor, ações que têm impacto direto no meio ambiente.

Feliz com a importante conquista, Viviane afirma que isso só foi possível pelo envolvimento total do educandário. “Ganhar foi maravilhoso, mas o prêmio e o sucesso devem ser creditados à união de todos. É um projeto que eu tinha em mente há três anos e que colocá-lo em prática só foi possível devido à participação coletiva. Trabalhamos juntos e vencemos”, conclui.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome